Anunciação

Registro inventarial: inv. n. 329

Obra de atribuição das mais atribuladas, esta Anunciação participa diretamente de um dos mais complexos problemas da pintura italiana do século XV, problema que ocupa os especialistas, e a eles resiste, há aproximadamente cem anos.

O debate tem por objeto central a delimitação do catálogo e a identificação do Maestro delle Tavole Barberini, nome derivado de duas obras outrora conservadas nas coleções Barberini em Roma e hoje nos museus de New York e Boston.

A presente obra atribuída tentativamente por Richard Offner a Fra Carnevale (mas há outras atribuições recentes, inclusive a Leon Battista Alberti) trai influências de Fra Angelico, Domenico Veneziano, Fra Filippo Lippi, Piero della Francesca, entre outros, e parece ter sido pintada em meados do século em Florença.

A ênfase no traçado das linhas ortogonais e o enquadramento do ponto de fuga indica um momento ainda bastante inicial nas experiências pictóricas de elaboração do sistema da representação do espaço em perspectiva.

Outros elementos, como o emprego de tons claros à maneira de Domenico Veneziano – o rosa e o cinza da pietra serena -, concorrem para uma datação não muito posterior a 1450. Além disso, a identificação simbólica da Virgem com a arquitetura, e em especial com a porta que conduz ao espaço interno, e do anjo Gabriel com o espaço externo, seja ele o hortus conclusus ou o espaço infinito, são outros tantos fatores indicativos de uma construção quase teoremática do “esquema” compositivo e simbólico prevalente naqueles anos e que concorrem para situar esta Anunciação no séquito imediato, por exemplo, da Anunciação de Fra Angelico no Ashmolean Museum de Oxford.

Luiz Marques
23/03/2011

Bibliografia:
1939 – R. Offner, “The Barberini Panels and their Painter”. In, Medieval Studies in memory of A. Kingsley Porter. Cambridge (Mass.), pp. 205 e seg.
1968 – F. Rusk Shapley, Paintings from the Samuel H. Kress Collection. Italian Schools Xv-XVI Century. New York: The Phaidon Press, p. 3
1995 – F. Zeri, Due dipinti, la filologia e un nome. Il Maestro delle Tavole Barberini. Milão: TEA
2005 – A. Marchi, M. R. Valazzi, Il Rinascimento a Urbino: fra´ Carnevale e gli artisti del Palazzo di Federico. Catálogo da exposição. Urbino, Galleria nazionale delle Marche.
2005 – L. Syson, Review: Fra Carnevale. Milan and New York. The Burlington Magazine, 147, 1223, Fevereiro, pp. 135-138

Artista

Fra Carnevale

Data

1450c.

Local

Washington, National Galery

Medidas

88 x 63 cm

Técnica

Têmpera sobre madeira

Suporte

Pintura

Tema

Bíblia e Cristianismo

Período

SÉCULO XV

Index Iconografico

606A1 - Anunciação

Autor

Luiz Marques

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *