Autoretrato

Na Vida de Andrea del Sarto (1486-1531), Vasari, que bem conhecera o artista, tendo-se aperfeiçoado em seu ateliê florentino por volta de 1523-1524, fornece em 1550 detalhes sobre as circunstâncias desse autoretrato:

“Havia um auxiliar dos monges de Vallombrosa que, para as necessidades do convento, estabelecera-se no campo. Ele quis que Andrea pintasse-lhe o retrato(…) Andrea, que era seu amigo, satisfez seu desejo. Como lhe restavam tintas, cal e uma telha chata, chamou sua mulher, Lucrezia, e disse-lhe: ´Venha aqui, pois já que me sobraram essas tintas, quero fazer teu retrato. Assim, ver-se-á como tu és bem conservada para a tua idade, como mudaste também e te tornaste diferente de teus primeiros retratos´. Como a mulher se recusasse a posar, Andrea, como que pressentindo seu próximo fim, tomou de um espelho e, sobre a telha, pintou seu próprio semblante, tão bem sucedido e tão natural, que parece vivo. Este retrato pertence hoje à sua mulher”.

O retrato é excepcionalmente convincente e de uma verdade psicológica quase única na obra do artista. Ao lado do Retrato de homem (Paolo da Terrarossa?)*, da National Gallery de Londres, este parece ser a obra-prima de Andrea del Sarto retratista e autoretratista.

Não se pode não pensar, ao se apreciar o semblante sereno do artista, a distância que o separa da personagem criada pela fabulação romântica de Alfred de Musset, em cujo drama Andrea del Sarto (1533c.) o pintor aparece ruído pelo remorso em relação à traição feita a Francisco I, rei de França, e pelo ciúmes por sua mulher, Lucrezia del Fede, sentimentos que o levam ao suicídio.

Andrea morreu, na realidade, vítima da peste que assolou Florença em 1530/31.

Luiz Marques
07/12/2010

Bibliografia:
A. Natali, A. Cecchi, Andrea del Sarto, Paris, 1992, p. 116

Artista

ANDREA DEL SARTO (Andrea d´Agnolo)

Data

1528

Local

Florença, Galleria degli Uffizi

Medidas

53 x 38 cm

Técnica

afresco sobre telha

Suporte

Pintura

Tema

A Figura Humana Retratos e Caricaturas

Período

36 - SÉCULO XVI

Index Iconografico

1700C - Retratos Pintura; 1700C3 - Artistas e Autoretratos

Autor

Luiz Marques

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *