Autorretrato como soldado (verso)

Trata-se do verso do “Autorretrato como soldado”:

veja: http://www.mare.art.br/detalhe.asp?idobra=3522

Aqui, a figura se recentra, mas também se apequena, como na
iminência de se fundir no ameaçador fundo negro em que
parece projetada a fantasmagórica sombra de sua cabeça.

O ouro e o vermelho do elmo e do uniforme sobrepõem-se à
fisionomia, desfigurada e imersa em uma obscuridade tingida
de reflexos rubros. Apenas do branco dos olhos irradia-se
luz, mas seu brilho é feroz e o olhar evita o espectador.

Nada mais aqui se discerne do desejo inicial de Otto Dix por
experiências extremas que o impulsionou a se engajar como
voluntário no front, com, na mochila, uma Bíblia e o Also
sprach Zaratustra
de Nietzsche.

Luiz Marques
29/11/2011

Bibliografia
s/d – D. Kuspit, Critical Dix
http://www.artnet.com/magazineus/features/kuspit/otto-dix3-
24-10.asp

Artista

DIX, Otto

Data

1914

Local

Stuttgart, Städtische Galerie

Medidas

68 x 53,5 cm

Técnica

Óleo sobre papel

Suporte

Pintura

Tema

História Medieval Moderna e Contemporânea

Período

SÉCULO XX

Index Iconografico

1700C - Retratos Pintura; 1700C3 - Artistas e Autorretratos;
872 - Batalhas e Guerras Nacionais na Europa; 872.1914 - A
Primeira Guerra Mundial; 1100Gue - A Guerra e os Horrores da
Guerra

Autor

Luiz Marques

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *