Baiana

“Após o término de seu pensionato na Itália, em 1885, o escultor Rodolfo Bernardelli retorna ao Brasil, passando a realizar obras que revelam inovações e novidades em relação ao cenário da escultura brasileira. Em 1886 o crítico de arte Gonzaga Duque se refere a uma escultura de Bernardelli intitulada Hue!, que representa “”uma negra crioula da Bahia, trazendo a mão um pequeno balaio de frutos, que num ademane gracioso, faz aquela exclamação””, exposta na Livraria Faro e Nunes, em 1886. Acreditamos que poderia ser a Baiana do acervo da Pinacoteca do Estado de São Paulo, já que não conhecemos outra obra de mesmo tema realizada pelo escultor.
Ao representar uma pessoa do povo, a vendedora de frutas, o escultor faz uma referência à atividade dos antigos negros de ganho. A estatueta revela proximidade formal com algumas representações femininas presentes na escultura italiana contemporânea, pela busca da representação objetiva do traje da baiana. Na opinião do Gonzaga Duque, entretanto, a obra é elaborada demais. Para o autor esse tipo de escultura, que se volta à representação de imagens do cotidiano, requer, como a caricatura, muita espontaneidade e simplicidade e, no entanto: “”vê-se claramente que ali andou a mão de um grande artista a procurar o rigoroso modelado das formas””.

Maria do Carmo Couto da Silva
25/07/2010

Bibliografia
DUQUE-ESTRADA, Luis Gonzaga. Impressões de um amador / textos esparsos de crítica (1882-1909). Belo Horizonte: Editora UFMG; Rio de Janeiro: Fundação Casa de Rui Barbosa, 2001. p.111-112.
SILVA, Maria do Carmo Couto da. A propósito de três esculturas de Rodolfo Bernardelli: a Baiana (1886), o Retrato de Negro (1886) e o Túmulo de José Bonifácio (1888-89). CAVALCANTI, Ana M. T. et all (org.). Oitocentos: arte brasileira do Império à Primeira República. Rio de Janeiro: EBA/UFRJ, 2008. p.440-444.

Artista

BERNARDELLI, Rodolfo

Data

1886c.

Local

São Paulo, Pinacoteca do Estado

Medidas

47 x 18 x 16 cm

Técnica

Gesso

Suporte

Escultura

Tema

A Figura Humana Retratos e Caricaturas

Período

50 - SÉCULO XIX

Index Iconografico

1700B - Retratos Escultura; 1484 - O TRABALHO E SEUS UNIVERSOS

Autor

Maria do Carmo Couto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *