Caronte em sua barca atravessa o Aqueronte

Localização inventarial: inv. 8007

Filho de Erebo e de Noite, Caronte é uma divindade ctônica
pertencente à mitologia pré-olímpica. Sua função é
atravessar em uma balsa o rio Aqueronte, conduzindo ao Hades
as almas recém-chegadas.

Na tradição literária e figurativa antiga, Caronte possui um
aspecto sinistro e assim o representa Polignoto de Tasos
(475 e 450 a.C,) em uma célebre pintura do Averno, em
Delfos, conhecida por derivações em pinturas de
lekythoi, pequenos vasos para perfumes e bálsamos, no
mais das vezes com função funerária. Assim o representa
também Virgílio, na Eneida (VI, 295-332 e 384-416),
retomado por Dante (Inferno, III, 70-136), em cujos versos
Michelangelo inspira-se no Juízo Final da Capela
Sistina, fixando para sempre no imaginário moderno o caráter
colérico, ruidoso e sádico de Caronte.

Pierre Subleyras (1699-1749) toma outro partido. Ele concebe
a figura de costas, dotada de um físico heróico e em um
ambiente tristemente silencioso, antes meditativo que
aterrorizante. Foi notado que o tema serve-lhe para
demonstrar sua maestria na figuração dos dois elementos que
dominam o exercício do desenho na Académie, por volta de
1735: o desenho do nu e dos drapeados, nos quais ele sabe
infundir uma luz de uma majestade e de um efeito poético
inigualáveis.

A composição quase abstrata, resumida a um puro contraste em
primeiro plano entre o nu e os panos de um leitoso acetinado
e entre a expansão da figura de Caronte e o recolhimento das
almas tem um enquadramento quase cinematográfico e um efeito
de proto-romantismo do qual Subleyras não é, de forma geral,
um prenunciador.

A obra encontrava-se em 1746 no ateliê de Subleyras ou era
considerada por ele como emblemática de sua arte pois ele a
insere entre os quadros de seu famoso Atelier

Luiz Marques
21/05/2010

Bibliografia
1970 – F. Vagni, in Encliclopedia Dantesca, Roma, ad
vocem

1987 – P. Rosenberg, Subleyras, 1699-1749. Catálogo da
exposição, p. 161.

Artista

SUBLEYRAS, Pierre

Data

1735

Local

Paris, musée du Louvre

Medidas

135 x 83 cm

Técnica

Óleo sobre tela

Suporte

Pintura

Tema

Mitologia, História e Topografia Antigas

Período

SÉCULO XVIII

Index Iconografico

446 - O Hades, as Regiões Infernais e as representações
mitológicas do Além-Túmulo; 446B - Caronte

Autor

Luiz Marques

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *