Sem título (Cartola)

“Este retrato, capturado por Walter Firmo um dos mestres da fotografia documental, considerado no âmbito nacional como um genuíno retratista do povo brasileiro, apresenta o encontro do cantor Cartola no morro da mangueira com um de seus amigos, no instante em que a popular figura é carregada no colo no meio da rua.

Angenor de Oliveira, mais conhecido como Cartola … Continue lendo...

S. Domingos (Frei Teodoro de Urbino)

Registro inventarial: inv. NG 1440

A obra é assinada e datada no parapeito: “MDXV”. Traz além disso a inscrição: IMAGO FRATRIS THEODORI URBINATIS.

Frei Teodoro de Urbino, dominicano do convento de Santi Giovanni e Paolo, em Veneza, faz-se representar com os atributos de S. Domingos (1170-1221) – o nimbo, o lírio e nome do santo sobre o livro -, resultando … Continue lendo...

Romeiro

A retratística não foi o gênero mais freqüente na obra do pintor Presciliano Silva. O artista utilizou o mesmo modelo em três retratos, um homem que vivia quase em estado de mendicância. A figura impressiona pelo aspecto triste e ensimesmado.

Na opinião de Clarival Valladares, o quadro traz uma imagem “que não fala e que teria muito a contar”. Por … Continue lendo...

Retrato provável de Benedetto Varchi

A personalidade, o perfil intelectual e o percurso profissional de Benedetto Varchi (1503-1565) são ricamente documentados, inclusive pela pequena biografia que lhe escreveu o amigo Silvano Razzi, Vita di M. Benedetto Varchi scritta dall´Abate Don Silvano Razzi, publicada na reedição de 1590 (Florença: Giunti) das Lezzioni do biografado.

Oposto aos Medici em 1527-1530, Varchi vive em exílio na maior parte … Continue lendo...

Retrato póstumo do Doge Andrea Gritti

“Registro inventarial: Samuel H. Kress Collection 1961.9.45 (1408)

O retrato traz a inscrição, cuja autenticidade foi de início posta em dúvida, mas em seguida atestada durante sua restauração:

“”Andreas Gritti Doge / di Venetia / Titianus E.F.”” (por Eques Fecit, isto é, Tiziano, Cavaleiro, fez).

O artista ostenta com evidente orgulho seu título de nobreza, recentemente adquirido.

Outras autorias … Continue lendo...

Retrato funerário de Andrea Mantegna

“Este busto brônzeo funerário de Andrea Mantegna é inserido
em um medalhão de pórfido circundado por uma moldura de
pietra d´Istria.

Na redação de 1568 da “”Vida de Andrea Mantegna”” (1431c.-
1506), Giorgio Vasari refere-se a este retrato funerário do
artista, sem especificar sua autoria:

E con esequie onorate fu sepolto in S. Andrea; e alla sua
sepoltura, sopra la quale
Continue lendo...

Retrato feminino ao espelho

Registro inventarial: inv. n. 2687

Outrora considerado uma imagem de Lucrezia Borgia, o retrato foi, desde Waagen (1864), considerado o da amante de Rafael, a suposta Margherita Luti, a “Fornarina”, filha de um padeiro (“fornaio”) da contrada Santa Dorotea, em Roma. Mas a semelhança deste semblante com o famoso retrato da Fornarina*, de Rafael, no Palazzo Barberini em Roma, não … Continue lendo...

Retrato Feminino (

Este extraordinário retrato de Sebastiano del Piombo (1485-1548) pertencia no século XVI às coleções Medici e era exposto em 1589 na Tribuna dos Uffizi sob o nome de Rafael. Ainda no século XIX persistia a atribuição a Rafael, de onde sua descabida identificação com a amante do artista, a suposta Margherita Luti, a “Fornarina”, filha de um padeiro (“fornaio”) da … Continue lendo...

Artista

Sebastiano del Piombo (Sebastiano Luciani, dito)
Data
1512

Retrato do Reverendo Robert Walker.

Este retrato foi datado por Duncan Thomson [1997:88] dos anos 1792/1794, momento relativamente avançado na carreira de Henry Raeburn (1756-1823). O retratado, Reverendo Robert Walker (1755-1808), teria aproximadamente 38 anos.

Ele estaria patinando sobre Duddington Loch, um curso d´água aos pés do maciço vulcânico de Arthur´s Seat (à leste de Edimburgo) que aparece com uma monumentalidade algo ameaçadora no lado … Continue lendo...

Retrato do poeta Max Herrmann-Neisse

Registro inventarial: inv. 49.1952

O Art Institute of Chicago conserva um primeiro retrato* do
escritor, poeta e dramaturgo, Max Hermann-Neisse (1886-
1941), por Ludwig Meidner (1884-1966), executado em 1913.

O presente retrato é o segundo executado por George Grosz
(1893-1959) de seu próximo amigo, sendo o primeiro, de 1925,
conservado no Staatliche Kunsthalle de Mannheim.

Enquanto o retrato de Meidner … Continue lendo...