Giulio Romano

Provavelmente pintado por Tiziano nos anos de sua estada em Mântua, quando trabalha na série de retratos de imperadores romanos a ele encomendada por Federico Gonzaga, este retrato de Giulio Romano (1492/99 / 1546) põe em destaque o artista como arquiteto, exibindo o projeto em planta central da Capela Palatina de Mântua.

O retrato foi atribuído a Tiziano nos inventários ducais de Mântua do século XVII (Morselli, 2004, p. 94)) e de novo em 1965, por Shearman. Dele há uma versão do busto do artista retratado no mesmo ângulo (50 x 30 cm), em coleção milanesa, considerada alternativamente de Veronese ou do próprio Tiziano.

Bibliografia:

1965 – J. Shearman, Titian`s portrait of Giulio Romano. Burlington Magazine, CVII, 745, pp. 172-177
2006 – M. Confalone, in N. Spinoza (dir.), Tiziano e il ritratto di corte da Raffaello ai Carracci. Catálogo da exposição. Nápoles, Electa, p. 124
2006 – M. Pullini, in V. Sgarbi, F. Magalhães, Luce e Ombra nella pittura tra Rinascimento e Barocco da Tiziano a Bernini. Catálogo da exposição. São Paulo, Torcular, p.6

Artista

TIZIANO Vecellio

Data

1536/ 1538

Local

Mântua, Museo Civico di Palazzo Te

Medidas

102 x 82,5 cm

Técnica

Óleo sobre tela

Suporte

Pintura

Tema

A Figura Humana Retratos e Caricaturas

Período

36 - SÉCULO XVI

Index Iconografico

1700C - Retratos Pintura

Autor

Luiz Marques

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *