La Jungla

Considerada a obra prima do pintor cubano Wifredo Lam (1902/1982) “La jungla” realizada entre 1942/1943 é representativa da produção do artista na sua maturidade. A obra inspirada na mitologia afro-cubana especificamente no panteão Ioruba da Santeria ou Regla de Ocha, renuncia ao caráter anedótico, já que não representa nenhum evento específico dos tantos que fazem parte desta religião, a segunda mais difundida na Ilha. Entre folhas de tabaco de cana de açúcar e de outras plantas evocando a paisagem cubana, se reúnem uma serie de elementos entre os que ressaltam grandes nádegas, seios em forma de frutas, luas, máscaras, pés, e objetos alegóricos da Santeria, numa fusão entre rasgos humanos e natureza.
A obra na que o artista verte todo o conhecimento de sua formação iniciada em Cuba e concluída entre Espanha e Paris onde trabalhara com Picasso, apresenta rasgos do cubismo, a partir da fragmentação das formas e de sua simplificação, conjuntamente com elementos da escultura africana como a desproporção de determinadas partes do corpo associadas à fecundidade e à força, como os pés, seios e nádegas, assim como o alargamento das figuras. O tratamento da cor, onde predominam os azuis e verdes escuros com leves pinceladas de branco, sugerem junto a presencia das luas uma cena noturna.
A complexidade dos símbolos que intervêm na obra sugeriu diversas interpretações por parte dos especialistas: o antropólogo e crítico cubano Fernando Ortiz colocou que a mesma poderia ser vista como um resumo dos elementos que conformam a transculturação da qual é produto a sociedade cubana, ligada a elementos como “la creación, la fecundidad y el trabajo”, no sentido em que as plantas que possuem maior destaque na composição são a cana de açúcar e o tabaco, base da economia de Cuba desde o período colonial até finais do passado século, em contraposição à opinião de Max-Pol Fouchet que considera o espaço pictórico como um “lugar de agresiones y peligros conocidos y desconocidos, un poema bárbaro y monumental”.

Continua…

Monica Villares Ferrer, Mestre em História da Arte.
22/04/2010

Artista

LAM, Wifredo

Data

1942/1943

Local

New York, Museum of Modern Art

Medidas

239.4 x 229.9 cm

Técnica

Óleo sobre papel montado sobre tela

Suporte

Pintura

Tema

Mitologia, História e Topografia Antigas

Período

O SÉCULO XX NA AMÉRICA HISPÂNICA E NO BRASIL

Index Iconografico

1179 - Magia, Bruxaria, Taumaturgia, Ocultismo, Necromancia

Autor

Luiz Marques

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *