Laocoonte e seus filhos

A fonte literária mais importante deste mito é Virgílio,
Eneida II,199-231.

Trata-se da uma das primeiras cópias conhecidas do célebre
grupo marmóreo do Laocoonte e de seus filhos, talvez mesmo a
primeira. Ele é representado ainda antes das primeiras
integrações da escultura, em especial sem o braço, em seguida
acrescido em posição levantada, diversa do original.

Artista

Anônimo

Data

1506/ 1508

Local

Düsseldorf, Kunstmuseum

Medidas

373 x 280 mm

Técnica

Sanguina

Suporte

Pintura

Tema

Mitologia, História e Topografia Antigas

Período

36 - SÉCULO XVI

Index Iconografico

84laoc - Laocoonte II.199-231

Autor

Luiz Marques

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *