L´Étude

Proveniência: coleções Maurice Pereire e Jacques Odry

O desenho encontrava-se em 2000 na Galerie Patrick Derom em Bruxelas.

Como não-raro na obra deste satirista e artiste maudit da pintura belga que é Félicien Rops (1833 – 1898) – amigo dileto e ilustrador de Les Épaves (1866) de Charles Baudelaire -, o tema de L`Étude é inquietantemente ambíguo. Pode-se tratar de uma cena de descanso do modelo, gênero recorrente na época, e no qual se exercitaria dez anos depois, por exemplo, Almeida Júnior. Como na tela de Almeida Jr.*, a modelo dedilha displicentemente o piano, quando é interrompida pela serviçal que lhe traz uma taça de café ou de chá.

Mas é possível e mesmo mais provável que se tenha aqui uma cena da vida cotidiana de um luxuoso prostíbulo, no gênero tão praticado por Toulouse-Lautrec. As pinturas do salão, um Amor (do tipo de Amor e Psiqué) e um Sátiro raptando uma ninfa reforçam ambas as hipóteses, já que são presenças previsíveis em um ateliê de artista, mas também, por sua temática erótica, em um prostíbulo. Não é sem ironia, neste caso, o título da peça tocada pela suposta prostituta, Orphée, pois se trataria de fato de uma cena de inferno.

De qualquer modo, o perfume de perversidade e de spleen que se desprende deste desenho anuncia a série de mulheres demoníacas que Rops desenhará para ilustrar em 1879 o Les Diaboliques de Jules Barbey d`Aurévilly.

Luiz Marques
28/05/2010

Bibliografia:
inédito

Artista

ROPS, Félicien

Data

1872

Local

Bruxelas, Galerie Patrick Derom

Medidas

238 x 155 mm

Técnica

Carvão

Suporte

Pintura

Tema

Alegorias e Temas Artísticos Morais e Psicológicos

Período

50 - SÉCULO XIX

Index Iconografico

1111C - O artista, seus modelos e suas musas; 1111L - O ateliê do artista; 1394 - Prostitutas e Prostíbulos; 1162 - A Música

Autor

Luiz Marques

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *