Menina ao piano

Nesse quadro foi retratada, provavelmente, a filha do pintor. O quadro no cavalete à esquerda sugere tratar-se da residência do artista.

Devemos notar que ele mostrou com bastante minúcia os detalhes da decoração do ambiente doméstico, e o cuidado com que foram pintados os tecidos distribuídos pela sala e os brinquedos da menina, espalhados pelo ambiente.

Como nota Luciano Migliaccio, Aurélio de Figueiredo “foi um pintor sensível e cheio de talento nas paisagens e cenas de gênero, nas quais privilegiou temas infantis”.

Irmão do pintor Pedro Américo, Aurélio de Figueiredo tornou-se conhecido principalmente como pintor de história, com obras como o “Último Baile da Ilha Fiscal”, de 1905.

Como apontou o crítico Gonzaga Duque no livro “A arte Brasileira”, de 1888, o artista revelou-se mais inovador em sua produção de pequeno formato, quadros de gênero e paisagens.

Maria Antonia Couto da Silva
08/03/2011

Bibliografia:
1956 – Aurélio de Figueiredo. Exposição F. Aurélio de Figueiredo. Rio de Janeiro : MNBA.
1989 – 150 anos de pintura no Brasil : 1820-1970. Rio de Janeiro : Colorama.
1995 – Gonzaga Duque. A arte brasileira. [1888] Campinas: Mercado de Letras.
2000 – L. Migliaccio. “O século XIX”. In: Mostra do Redescobrimento. São Paulo. Arte do século XIX. São Paulo: Fundação Bienal de São Paulo: Associação Brasil 500 anos Artes Visuais.

Artista

Aurélio de Figueiredo

Data

1892

Local

Rio de Janeiro, Coleção Fadel.

Medidas

60 x 90 cm

Técnica

Óleo sobre tela

Suporte

Pintura

Tema

Vida Social e Gênero

Período

O SÉCULO XIX NA AMÉRICA HISPÂNICA E NO BRASIL (A PARTIR DE 1822)

Index Iconografico

428 - A INFÂNCIA, A ADOLESCÊNCIA, A JUVENTUDE; 1428jog - Jogos e brincadeiras; 1158mus - Música; 1162C - Os Instrumentos; 1162D - A partitura;

Autor

Maria Antonia Couto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *