Miguel Arcanjo e S. Francisco

Localização inventarial: inv. n. 58.132

Nesta obra, Juan de Flandres – artista flamengo já aclimatado à cultura figurativa espanhola, menos afeita à execução detalhista e preciosa – representa Miguel Arcanjo despojado de sua armadura, como uma escultura vestida, bem à maneira das esculturas vestidas de gosto ibérico.

Por outro lado, ele lança mão de um recurso tipicamente flamengo: a multiplicação dos planos espaciais e dos “lugares” da pintura através da imagem refletida em um espelho, no caso em seu escudo, através do qual tem-se uma fantástica paisagem do inferno (veja imagem detalhe)

A justaposição de S. Francisco e Miguel Arcanjo em uma espécie de díptico é raríssima, senão talvez mesmo um unicum na história da pintura.

(continua no texto que acompanha a imagem do detalhe da obra)

Artista

Juan de Flandres

Data

1505/ 1509

Local

New York, The Metropolitan Museum of Art

Medidas

desconhecidas

Técnica

Óleo sobre gesso

Suporte

Pintura

Tema

Bíblia e Cristianismo

Período

36 - SÉCULO XVI

Index Iconografico

724 - Anjos; 724A - Miguel; 724A1 - Miguel vencendo o demônio; 806 - Imagens e Ciclos Biográficos de santos; 806Fran - São Francisco

Autor

Luiz Marques

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *