Monumento a General Osório, Parte 3 (detalhe)

No relevo “Batalha de Tuiuti”, para o Monumento a General Osório, é possível perceber como Rodolfo Bernardelli definiu a composição a partir das diversas figurinhas de soldados.

O escultor criou uma representação da guerra ligada à idéia do entrelaçamento dos corpos de soldados que atacam e daqueles que caem feridos ou mortos.

Apesar dos vários planos em que o evento se desenvolve, a figura de maior destaque é a do próprio General Osório,com seu usual poncho. Sua imagem ganha destaque na cena por estar melhor desenvolvida e no centro da composição.

Nesta obra escultórica as figuras em combate avolumam-se em uma multidão de rostos com expressões de dor e, algumas delas se destacam do plano de fundo, em um gesto dramático.

Toda essa massa confusa de corpos humanos é acrescida da representação de animais caídos e, em meio a ela, destacam-se as perpendiculares criadas pela armas.

Um efeito similar pode ser visto, por exemplo, em baixos-relevos oitocentistas italianos, como os de Ettore Ferrari para a estátua de Giuseppe Garibaldi (1892), em Pisa.

Maria do Carmo Couto da Silva
25/02/2011

Bibliografia:
1894 – GENERAL Osório. Gazeta de Notícias, Rio de Janeiro, 14 nov., p.2.
2008 – F. Doratioto. General Osório: a espada liberal do Império. São Paulo: Companhia das Letras, p.158.
2011 – M.C. Couto da Silva. Rodolfo Bernardelli, escultor moderno: análise da produção artística e de sua atuação entre a Monarquia e a República. Campinas,SP: [s. n.]. Tese de Doutorado em História da Arte, Instituto de Filosofia e Ciências Humanas/UNICAMP, p.86.

Artista

BERNARDELLI, Rodolfo

Data

1894

Local

Rio de Janeiro, Praça XV de Novembro

Medidas

não disponíveis

Técnica

Bronze

Suporte

Arquitetura e Monumentos

Tema

História Medieval Moderna e Contemporânea

Período

O SÉCULO XIX NA AMÉRICA HISPÂNICA E NO BRASIL (A PARTIR DE 1822)

Index Iconografico

508A - Monumentos cívicos à glória de uma personagem; 882.1864 - Guerra do Paraguai

Autor

Maria do Carmo Couto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *