Monumento a José de Alencar, Parte 1

O Monumento a José de Alencar localiza-se na Praça José de Alencar na cidade do Rio de Janeiro e foi inaugurado em 1897. Segundo a Gazeta de Notícias a idéia de erigi-lo foi proposta pelos redatores do jornal O Monitor Sul Mineiro, em especial por Evaristo da Veiga.
A família Veiga então entrou em contato com a redação da Gazeta de Notícias, que popularizou a idéia, divulgando a abertura de uma subscrição popular para o monumento a ser erguido na cidade do Rio de Janeiro e publicando notas referentes aos donativos realizados. A campanha permitiu o assentamento do pedestal do monumento. Em 1891 um grande concerto foi organizado para angariar fundos e possibilitar a fundição do monumento no exterior.
Por ocasião de sua inauguração a imprensa ressalta a circunstância que a obra artística é de escultor brasileiro. Tratava-se da primeira homenagem no campo monumental a um escritor realizada no Brasil.
Destacamos a fala de Olavo Bilac, encarregado de fazer a homenagem ao escultor, que comenta a representação de José de Alencar presente no monumento:

“Bernardelli deu a José de Alencar (mais conhecido ainda hoje como político do que como romancista) a mais bella e duradoura das consagrações, já agora é possível que a profissão das letras mereça mais respeito, uma vez que o povo está vendo que um homem de letras merece também a homenagem devida aos heroes e aos benfeitores da pátria.”

(continua no texto que acompanha a imagem 2)

Artista

BERNARDELLI, Rodolfo

Data

1897

Local

Rio de Janeiro, Praça José de Alencar

Medidas

não disponíveis

Técnica

Bronze

Suporte

Arquitetura e Monumentos

Tema

A Figura Humana Retratos e Caricaturas

Período

O SÉCULO XIX NA AMÉRICA HISPÂNICA E NO BRASIL (A PARTIR DE 1822)

Index Iconografico

1118 - Poetas e Literatos; Literatura Medieval Moderna e Contemporânea; 1000; 508A - Monumentos cívicos à glória de uma personagem

Autor

Maria do Carmo Couto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *