Monumento a José de Alencar, Parte 8, Medalhão

O “Monumento a José de Alencar” (1897) de Rodolfo Bernardelli traz em sua base belíssimos medalhões, em que há retratos de Martim, Iracema, Peri e Cecília, personagens dos livros “O Guarani” (1857) e “Iracema” (1865).

Nesse medalhão o escultor criou um belo retrato da personagem Cecília, a jovem filha do fidalgo português D. Antonio de Mariz, que teria sido um dos fundadores da cidade do Rio de Janeiro.

Ela foi representada como uma dama européia e, para compor a obra, Bernardelli utilizou certos recursos técnicos da escultura de sua época, como o contraste entre a delicadeza da pele do colo da princesa e a representação do vestido, em que podemos perceber a textura dos tecidos.

É possível notar o cuidado com os detalhes na composição, como no ponto em que a manga do vestido e a renda do decote, por seu efeito de volume, invadem a circunferência do medalhão, oferecendo um belo resultado formal.

Ele criou um retrato romântico e delicado da personagem, apresentada com os cabelos displicentemente presos na nuca e uma madeixa apenas caída ao ombro, próxima à descrição feita por Alencar.

No pescoço de Cecília há a representação de uma cruz de ouro pendurada em uma fita, que a personagem sempre portava junto a si e que daria a Peri no decorrer da trama do romance.

O escultor gravou no medalhão o nome Cecy, que era a forma como o índio Peri se referia à personagem e significava “doer”, “magoar”, segundo nota de José de Alencar no próprio livro.

Maria do Carmo Couto da Silva
07/03/2011

Bibliografia:
2002 – J. de Alencar. O Guarani. Porto Alegre: L e PM, 2002, p.79.

(continua no texto que acompanha a Parte 9)

Artista

BERNARDELLI, Rodolfo

Data

1897

Local

Rio de Janeiro, Praça José de Alencar

Medidas

não disponíveis

Técnica

Bronze

Suporte

Escultura

Tema

Literatura Medieval Moderna e Contemporânea

Período

O SÉCULO XIX NA AMÉRICA HISPÂNICA E NO BRASIL (A PARTIR DE 1822)

Index Iconografico

508A - Monumentos cívicos à glória de uma personagem; 1000-AlGu - O Guarani

Autor

Maria do Carmo Couto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *