Nídia cega

“Neste baixo-relevo, o escultor Francesco Jerace representou
a cega Nidia, protagonista da obra romântica de Edward
Bulwer Lytton, Os últimos dias de Pompéia . Ao
acentuar a expressividade da face de Nydia, marcada pela
tragédia e pela dor, o artista rompe com a “”iconografia
tradicional do tema, deixando somente ao título a
possibilidade de sua identificação.””

Esse trabalho é marcado por uma nova forma de modelagem, no
qual a qual a escultura tem como parâmetro as mudanças
ocorridas na pintura, isto é, uma realização que se aproxima
de um esboço, como na pintura de Domenico Morelli, elaborada
com um fazer rápido, que parece dissolver na luz as figuras.

Maria do Carmo Couto da Silva
13/09/2010

Bibliografia
2001- I. Valente, Francesco Jerace scultore. Dalla ricerca
del bello nel vero, alla scoperta del vero nel bello ideale.
In: Francesco Jerace : scultore (1853 – 1937) / a cura di
Erminia Corace. Testi di Giovanni Russo ; Carlo Stefano
Salerno ; Isabella Valente. Roma [u.a.] : EdE, Erminia
Corace, p. 18.

Artista

JERACE, Francesco

Data

1871c.

Local

* Selecione um item e clique Pesquisar

Medidas

desconhecidas

Técnica

Gesso

Suporte

Escultura

Tema

Literatura Medieval Moderna e Contemporânea

Período

50 - SÉCULO XIX

Index Iconografico

1000LyNy

Autor

Luiz Marques

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *