O cofre de Projecta (1)

Registro inventarial: M LA. 66. 12-29.1

Este suntuoso cofre de prata de quase 60 cms de comprimento
foi exumado em julho de 1793 nas ruínas de uma residência
situada sob o coro das monjas da igreja de S. Francesco di
Paola, na via Via di S. Lucia in Selci, no sopé do
Esquilino, em Roma. Trata-se de uma das mais importantes
peças de um excepcional serviço de prata composto de 65
peças, constituindo um dos maiores tesouros conservados da
arte tardo-antiga romana.

A descoberta foi testemunhada pelos grandes arqueólogos de
finais do século XVIII, Ennio Quirino Visconti e Filippo
Aurelio Visconti. Ao lado da Missorium, dito o Escudo de
Aquiles*, descoberto no Ródano, de mesma datação e
proporções similares –

veja: http://www.mare.art.br/detalhe.asp?idobra=2929

– este cofre é um dos mais notáveis exemplos da arte da
prata na arte imperial romana dos últimos séculos.

Trata-se de um objeto de toilete feminina, provavelmente um
presente de casamento. A inscrição exortatória que se lê na
tampa – SECVNDE ET PROIECTA VIVATIS IN CHRI[STO]
(Secundus e Projecta, viveis em Cristo) – demonstra que o
casal era de confissão cristã, o que não impede que a
decoração do cofre seja de temática pagã, fato não incomum
nos séculos III e IV.

A tampa mostra o duplo retrato do casal envolto em uma
guirlanda sustentada por dois Erotes nus. Pode-se falar aqui
em uma variante nupcial do retrato clipeato, de cunho
geralmente funerário. Projecta apresenta-se com vestes
ricamente ornamentadas e um penteado rebuscado, segundo um
modelo encontrado já em estátuas da Imperatriz Helena. Ela
segura o que parece ser um rolo de papiro, a indicar, neste
caso, sua condição de letrada.

Projecta foi identificada com uma mulher falecida em 383 e
comemorada por suas virtudes cristãs em um epitáfio redigido
pelo papa Damásio (366-384). Seu marido era Turcius Asterius
Secundus, prefectus de Roma em 362 e membro da
eminente família patrícia não-cristã dos Turcii.

(continua nos comentários a outras imagens desta obra)

Artista

Arte Romana

Data

380c.

Local

Londres, British Museum

Medidas

55,9 cm

Técnica

Prata

Suporte

Artes decorativas

Tema

Vida Social e Gênero

Período

ARTE GRECO-ROMANA

Index Iconografico

467 - Decorações mistas pagãs e cristãs; 1301 - O Amor
conjungal; 1700B - Retratos Escultura; 1700B1 - Retratos
contemporâneos; 12Cupi - Eros Cupido

Autor

Luiz Marques

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *