Retrato do marquês Ludovico Gonzaga e de sua família

O afresco situa-se na parede norte da Camera degli Sposi, na torre norte do Castel San Giorgio em Mântua.

Andrea Mantegna (1431-1506) associa um novo gênero, o retrato de grupo e de corte, à narrativa de um evento memorável, pois o Marquês Ludovico, em veste da camera, in pantofole, acaba de receber um bilhete do secretário Marsilio Andreasi (identificado por uma medalha).

O bilhete conteria, supõe-se, o anúncio da nomeação ao cardinalato em 1461 de seu filho, Francesco (aos 17 anos), o que referendava o reconhecimento oficial dos Gonzaga de parte da Cúria e contribuía para o saneamento das finanças do Estado.

Sua esposa é Barbara Hohenzollern de Brandenburgo, cercada por cinco de seus filhos: Francesco, que apoia as mãos sobre as costas do irmão Ludovico, Paola, com uma maçã, Rodolfo em pé atrás da mãe e Barbara, ao lado talvez de Paola Malatesta Gonzaga, a mãe de Ludovico, morta em 1449 e aqui retratada com hábito monástico, com o qual se fizera enterrar.

Para as duas figuras em hábitos escuros, foram avançados os nomes de Leon Battista Alberti e de Vittorino da Feltre.

Bibliografia:
1986 – R. Lightbown, Mantegna, Londres
2008 – G. Agosti, “Mantegna 2046”, in G. Agosti, D. Thiébaut, Mantegna 1431-1506. Catálogo da exposição, Paris, Louvre. Milão, Oficina Libraria, pp. 40-42.

Artista

MANTEGNA, Andrea

Data

1471/ 1474

Local

Mântua, Palazzo Ducale, Camera degli Sposi

Medidas

805 x 807 cm

Técnica

Afresco

Suporte

Pintura

Tema

A Figura Humana Retratos e Caricaturas

Período

SÉCULO XV

Index Iconografico

1700C - Retratos Pintura; 1700C1 - Retratos contemporâneos

Autor

Luiz Marques

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *