São Jerônimo penitente

Registro inventarial: inv. 705

São Jerônimo é apresentado de joelhos dentro de uma caverna, nu e com um manto sobre o ombro direito. Trata-se de um S. Jerônimo penitente no deserto, ainda que o caráter imperioso do gesto de seu braço direito erguido e a gravidade extrema de sua postura e de sua cabeça nada conservem da contrição própria do penitente.

A frontalidade do torso heróico do santo, talvez inspirado no Torso do Belvedere*, em contraste com o perfil da cabeça leonina e de notável terribilidade, de onde pendem longas barbas aneladas, são características que não-raro fizeram pensar em um parentesco estilístico e espiritual do desenho com a estátua de Moisés.

Wölfflin [1899:72] data o Moisés dos mesmos anos da Capela Sistina (1508-12):

Der Zusammenhang mit den Prophetenfiguren der sixtinischen Decke springt in die Augen… Innerhalb des Werkes von M. trägt der Moses indessen noch die deutlichen Spüren der Frühzeit.

“O nexo com as figuras de Profetas do teto da Capela Sistina salta aos olhos (…). No âmbito da obra de Michelangelo, o Moisés traz ainda os traços inequívocos do primeiro período”.

A datação proposta por Wölfflin para o Moisés foi acolhida por Thode [1908:I,194], Brinckmann [1925] e Berenson [1903/38], que aproxima o movimento represso (“repressed movement”) do Moisés ao do inacabado “São Mateus” da Galleria dell´Accademia de Florença.

Confortam essa datação, as afinidades tipológicas e expressivas do Moisés com o Isaias da Sistina, figura que o anuncia de modo direto. Tal parentesco do desenho do Louvre com o Moisés e com o Isaías da Capela Sistina reforçaram a hipótese de que o Moisés tivesse ao menos sido iniciado entre os anos do projeto de 1505 para o sepulcro de Júlio II e os anos da decoração da abóbada da Capela Sistina.

Seja como for, este desenho de S. Jerônimo forma, com o Isaias e o Moisés, uma formidável tríade de figuras moralmente hercúleas de Michelangelo, situadas nos anos entre 1505 e 1515.

Luiz Marques
04/03/2011

Bibliografia:
1899 – H. Wölfflin, Die klassische Kunst. Eine Einführung in die Italienische Renaissance. Munique: Bruckmann, 1914. p. 72
2003 – P. Joannides, Musée di Louvre. Inventaire Général des Dessins Italiens, VI: Michel-Ange. Élèves et Copistes. Com a colaboração de V. Goarin e C. Scheck. Paris: RMN, p. 117.

Artista

Michelangelo Buonarroti

Data

1505/ 1506

Local

Paris, musée du Louvre

Medidas

286 x 211 mm

Técnica

pena e tinta marrom

Suporte

Pintura

Tema

Bíblia e Cristianismo

Período

36 - SÉCULO XVI

Index Iconografico

806 - Imagens e Ciclos Biográficos de santos; 806Jero - São Jerônimo

Autor

Luiz Marques

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *