Sin Pan y Sin Trabajo [Sem Pão e Sem Trabalho]

O quadro apresenta uma questão social: um casal em um ambiente humilde observa pela janela o piquete na fábrica diante de sua residência. O autor, o pintor Ernesto de la Cárcova, retornou à Argentina aos 28 anos, após um período de estudos na Itália, trazendo consigo vários esboços que foram terminados em Buenos Aires, intitulados “Sem pão e sem trabalho” ou “A Greve”. O tema destas obras era comum nos salões do período e na pintura de caráter social do fim do século no contexto europeu, influenciada pela literatura de Émile Zola.

Como nota Laura Malosetti Costa, o pintor enfatizou as mãos tensas do trabalhador que afasta a cortina para ver os soldados, criando uma cena simbólica e não anedótica. Um dado interessante em relação à fortuna crítica desta obra, é que foi exposta em 1894 no Salão do Ateneu, local freqüentado por intelectuais e pessoas das classes abastadas de Buenos Aires. Por ocasião desta exposição, as dimensões políticas da obra não foram valorizadas, conforme as críticas levantadas por Malosetti Costa.

Em 1900, Ernesto de la Carcova vendeu o quadro para o recém fundado Museu Nacional de Belas Artes, em Buenos Aires. A obra integrou a Exposição Universal de Saint Louis, nos Estados Unidos, em 1904, obtendo boa repercussão. Do ponto de vista da crítica, entretanto, ao retornar a seu país, foi vista como acadêmica, submetida às regras do naturalismo, ou seja, conservadora, do ponto de vista formal. Desde essa época a tela foi exposta no museu, sendo muito reproduzida em livros didáticos.

Para Malosetti Costa, esse quadro está “no coração da tradição artística argentina”, tendo sido objeto de homenagens, recriações e apropriações. Vários artistas que buscaram em suas obras um compromisso político e também uma renovação na linguagem plástica mantiveram diálogo com o mestre do quadro de tema operário do século XIX.

22/05/2010
Maria Antonia Couto da Silva

Bibliografia

MALOSETTI COSTA, Laura. “Artes de Excluir, Artes de Incluir”. Revista Todavia, disponível em http://www.revistatodavia.com.ar/todavia13/index.html, acesso em 22/05/2010.

____. “Cultura visual e os usos da imagem na América Latina”, palestra realizada no Simpósio Internacional Crise da Imagem. São Paulo, 26 a 28 de agosto de 2008. Relato por SILVA, Maria Antonia Couto. Disponível no site Fórum Permanente:
http://www.forumpermanente.org/.event_pres/jornadas/a-crise-da-imagem
acesso: 22/05/2010.

Artista

DE LA CÁRCOVA, Ernesto

Data

1892- 1893

Local

Buenos Aires, Museu Nacional de Belas Artes

Medidas

25,5 x 216 cm

Técnica

Óleo sobre tela

Suporte

Pintura

Tema

Vida Social e Gênero

Período

O SÉCULO XIX NA AMÉRICA HISPÂNICA E NO BRASIL (A PARTIR DE 1822)

Index Iconografico

O trabalho e seus universos; 1492 - Lutas Sociais, Revoluções, Insurreições; 1488 - O Operário e a Fábrica

Autor

Maria Antonia Couto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *