Frontispício do De harmonia musicorum instrumentorum opus de Franchino Gaffurio

Franchino Gaffurio (1451 – 1522), compositor, maestro di cappela da Catedral de Milão e o mais prolífico teórico da música de sua geração, é conhecido hoje sobretudo por seus três tratados: Theorica musice (1492), Pratica musicae (1496) e o De harmonia musicorum instrumentorum opus, Milão, 1518, ilustrado com a presente xilogravura.

Amigo de Josquin des Près, Gaffurio teria sido … Continue lendo...

Dique da Ilha das Cobras (imagem 2: xilogravura)

(continuação do texto que acompanha a imagem principal:
fotografia)

Essa xilogravura de autor anônimo,realizada a partir de
fotografia de Revert Klumb (1860) foi publicada no periódico
francês “L´Illustration”, em março de 1860. A fotografia
enfatizou a importância e a monumentalidade da obra de
engenharia.

Na transposição para a gravura houve a preocupação com a
fidelidade em relação à fotografia, com … Continue lendo...

Cristo como a verdadeira luz

A gravura mostra à direita diversos monges, teólogos e membros do alto clero caminhando às cegas e em vias de se precipitar em um abismo, enquanto Cristo mostra diretamente aos homens simples a chama de um candelabro, na base do qual se encontram os símbolos dos Evangelistas.

A luz como símbolo de Cristo remete ao início do Evangelho segundo João.… Continue lendo...