Vênus despertada por Cupido

“O tema de Vênus despertada por Cupido é um topos recorrente no exórdio de epithalamia (poemas celebrativos de núpcias) da latinidade de idade imperial e tardia, tais como em Estácio, Sylviae, I, ii, 51-60; Claudiano, Carmina minora, XXV, 1-10, Sidônio Apolinário, Carmina, XI, 47-61 e Enódio, Carmina, I, iv, 29-52. Até onde se sabe, o tema não ocorre nas artes figurativas da Antiguidade, sobrevindo na história da arte apenas em 1509c., com a Vênus adormecida de Giorgione e Tiziano, na qual figurava outrora um Cupido, obra pintada para as núpcias de Girolamo Marcello.

Provavelmente, Dosso Dossi (documentado entre 1515 e 1548) pintou esta obra por ocasião das núpcias de Ercole d´Este com a Princesa Renée, filha de Luís XII, rei de França. Em reforço dessa hipótese, vê-se ao fundo um casal endossando coroas matrimoniais.

Como sugere o autor do catálogo da Matthiesen Gallery, a obra teria por pendant um Hércules assaltado pelos Daktyloi, conservado no Joanneum de Graz (Áustria), formando assim uma dupla homenagem à noiva e ao noivo homônimo.

Luiz Marques
21/05/2010

Bibliografia

1984 – From Borso to Cesare d´Este. The School of Ferrara 1450 – 1628. Catálogo da exposição, Londres, Matthiesen Fine Art Ltd, p. 88

Artista

DOSSI, Dosso (Giovanni Luteri ou Lutero)

Data

1528c.

Local

Coleção Particular

Medidas

120,5 x 157 cm

Técnica

Óleo sobre tela

Suporte

Pintura

Tema

Mitologia, História e Topografia Antigas

Período

36 - SÉCULO XVI

Index Iconografico

12Ven - Vênus / Afrodite; 12Ven1 - Vênus e Cupido

Autor

Luiz Marques

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *