Ambroise Volmar Keller

Entre 1517 e 1545, data de sua morte, Hans Baldung viveu em Strasbourg, cidade onde pintou numerosos retratos, entre os quais este de Ambroise Volmar Keller, canônico da igreja de Saint-Pierre-le-Jeune.

Impressionam a austeridade e o caráter profundamente religioso do comitente que se faz retratar sob uma rocha em uma paisagem desoladamente agreste, como um novo S. Antonio Abade e, … Continue lendo...

Alegoria de Dante

Na Vita de Pontormo, após referir-se à colaboração entre Michelangelo e Pontormo no Noli me tangere (para Vittoria Colona, Giorgio Vasari escreve:

“Vendo a grande estima de Michelangelo por Pontormo e a diligência com que este executava em pintura os desenhos e cartões daquele, tanto fez Bartolomeo Bettini que Buonarroti, amicíssimo seu, fez-lhe um cartão de uma Vênus nua com … Continue lendo...

Artista

Bronzino, Agnolo di Cosimo di Mariano, chamado Il
Data
1532

A Velha (A velhice)

Registro inventarial: inv. n. 85

Segundo o inventário de 1569 da coleção de Gabriele
Vendramin, tratar-se-ia do retrato da mãe de Giorgione
(1477c.-1510):

retrato della Madre de Zorzon de man de Zorzon con suo
fornimento depento con l´arma de chà Vendramin

“retrato da Mãe de Giorgione de mão de Giorgione com sua
moldura pintada com as armas de casa Vendramin”… Continue lendo...

A princesa Isabel e a baronesa de Muritiba

Nessa fotografia vemos a princesa Isabel, sentada ao piano, e a seu lado a baronesa de Muritiba, retratada em pé. A luz incide sobre o rosto das duas senhoras e acena evoca um momento de calma e tranqüilidade.

O espectador pode apreciar os detalhes da decoração do interior do Palácio Isabel, atual Palácio Guanabara, sede do Governo do Rio de … Continue lendo...

A Noite

“Em uma paisagem rochosa, sob uma luz irreal, Ferdinand
Hodler (1853-1918) dispõe em linhas paralelas (teorizadas
sucessivamente em sua doutrina do paralelismo) sete
personagens nuas e adormecidas, quatro mulheres e três
homens. Os modelos das duas figuras femininas do primeiro
plano são Augustine Dupin, sua companheira e mãe de seu
filho, e Bertha Stuckie (de costas), com quem esteve
brevemente … Continue lendo...

A morte de Sardanápalo (1827)

Sobre uma cama monumental disposta em diagonal no quadro, de Eugène Delacroix,parece um homem tumbado indolentemente. Olha com ar indiferente a cena que se desenvolve a sua volta: corpos de mulheres em êxtase, orientais de olhar salvagem, um cavalo suntuosamente decorado entre tesouros amontoados. Se está celebrando uma orgia da morte. O núbio de pele escura tem afundado sua espada … Continue lendo...