Suicídio de Catão de Útica

Sobre a figura histórica de Catão, ver seu retrato do Museu Arquológico de Rabat*. Sobre o contexto histórico e as fontes textuais de seu suicídio em Útica em 46 a.C., para não se submeter a César – vitorioso na batalha de Tapso – ver o afresco de Beccafumi* de 1519-1520 (Siena, Palazzo Casini Casuccini), primeira representação moderna conhecida deste tema. … Continue lendo...

Suicídio de Catão de Útica

“Sobre Catão e seu suicídio, ver os comentários a seu retrato no Museu de Rabat* e o afresco de Beccafumi em Siena, de 1519-1520*.

Trata-se, como recentemente reiterado por L. Pericolo, de uma réplica autógrafa da versão conservada no Museu de Arras. A de São Paulo é pintada sobre tela francesa, enquanto a de Arras o é sobre tela italiana, … Continue lendo...

Suicídio de Catão de Útica

Sobre as diversas fontes textuais antigas de Marco Pórcio Catão (95-46 a.C.) e seu suicídio, ver os comentários a seu retrato no Museu de Rabat*, o afresco de Beccafumi em Siena*, de 1519-1520 e as representações seiscentistas do Suicídio de Catão, em especial a do Anônimo napolitano* em Viena e as duas versões do tema por Charles Le Brun*, … Continue lendo...

Artista

GUERCINO, Giovanni Francesco Barbieri, chamado Il
Data
1641

Suicídio de Catão de Útica

Sobre Catão de Útica e seu suicídio em 46 a.C. no contexto da crise final da República romana, ver os comentários a seu retrato brônzeo no Museu de Rabat* (Marrocos) e ao afresco de Beccafumi* em Siena, de 1519-1520.

O desenho em questão não é preparatório a nenhuma pintura conhecida de Poussin e pode ser motivado tão somente pela leitura … Continue lendo...

Suicídio de Catão de Útica

Diretor em Roma da Académie de France entre 1822 e 1828, Pierre-Narcisse Guérin (1774-1833) formou-se sob as disciplinas de Nicolas-Guy Brenet e de Jean-Baptiste Regnault Seu début no Salon de 1795 dá-se com duas obras inspiradas na história de Roma – Coriolano e o assassinato de Geta por ordem de Caracalla – ambos não-conservadas, mas que prenunciam seu interesse por … Continue lendo...

Suicídio de Catão de Utica

Sobre as fontes textuais antigas acerca de Marcos Pórcio Catão (95-46 a.C.), morto suicida em Útica para se subtrair ao império de César, ver os ocmentários a seu retrato no Museu de Rabat*, ao afresco de Beccafumi* em Siena, de 1519-1520 e às diversas representações do tema no Seiscentos (Anônimo napolitano*, Poussin*, Guercino*, Le Brun*, Langetti*, Carneo*, Stomer*, etc.)

A … Continue lendo...

Suicídio de Catão de Útica

Sobre as fontes textuais antigas relativas a Marcos Pórcio Catão (95-46 a.C.), morto suicida em Útica, ver os comentários a seu retrato no Museu de Rabat* e às diversas representações de seu suicídio, desde a de Beccafumi* em Siena em 1519-1520 até as de Guercino*, Langetti* e as duas versões da cena* pintadas por Charles Le Brun em 1646, entre … Continue lendo...

Suicídio de Catão de Útica

Sobre Catão de Útica (95-46 a.C.) ver os comentários a seu retrato brônzeo no Museu de Rabat* e o afresco de Beccafumi* no Palácio Casini Casuccini de Siena, de 1519-1520, representando o suicídio do último prócer da República romana após a morte de Pompeu.

Langetti (1635-1676) evidentemente comprazia-se com este tema, pois nada menos que onze de suas pinturas ainda … Continue lendo...

Suicídio de Catão de Útica

Sobre as fontes textuais do Suicídio de Catão de Útica, ver os comentários a seu retrato do Museu de Rabat* e ao afresco de Beccafumi em Siena, de 1519-1520.

Le Brun (1619-1660) executou duas versões desta cena, a primeira delas, esta do Musée de Arras, possivelmente ainda em Roma (e não em Lyon). Para Roma, ele rumara em 1642, graças … Continue lendo...