Cena de sacrifício

“Registro inventarial: inv. Q 1039

A presente grisaille imita ostensivamente relevos
marmóreos antigos. Dois grupos agachados e vestidos à antiga
ladeiam um altar sacrificial onde ardem um cordeiro e um
carneiro. Do lado esquerdo, veem-se cinco mulheres, uma
delas com uma criança ao colo; do lado direito, seis homens,
um dos quais não participa da cena e parece caracterizado
como uma figura moderna.

Uma inscrição sobre a parede do altar:

TIBI SOLI DEO S.O

comporta duas leituras: “”A ti, único Deus”” ou “”A ti,
Deus Sol””.

A obra foi identificada tentativamente por Lilia Rocco com
um “”Sacrifício de Noé”” após o dilúvio, numa alusão
celebrativa ao duque Cosimo de´ Medici, talvez a personagem
moderna, vestida de escuro, frequentemente associado aos
heróis do Antigo Testamento e ao mito da Idade de Ouro.

A mesma autora, entretanto, cogita na possibilidade que a
inscrição, se lida como “”A ti, Deus Sol””, remeta a uma
interpretação alquímica:

come raggiungimento della luce attraverso il fuoco del
sacrificio al Dio-Sole, dopo le tenebre dei tempi della
Creazione. Il mito dell´età di oro è un mito alchemico ed il
fuoco è, come Dio, il vertice da raggiungere ed il sole,
assimilabile al oro, è il risultato finale del “”Opus””,
l´operazione alchemica

“”como o atingir da luz através do fogo do sacrifício ao
Deus-Sol, após as trevas dos tempos da Criação. O mito da
idade de ouro é um mito alquímico e o fogo é, como Deus, o
vértice a ser atingido, e o sol, assimilável ao ouro, é o
resultado do Opus, a operação alquímica””.

Atribuída nos inventários dos séculos XVII e XVIII a Rafael,
Giulio Romano e Polidoro da Caravaggio, a obra foi atribuída
por Ferdinando Bologna a Jacopo Pontormo (1494-1557), em um
estado avançado de sua carreira, atribuição aceita por
Luciano Berti e por Lilia Rocco, mas recusada por Philippe
Costamagna (1994), que a remete ao círculo de Vasari.

De qualquer modo, não é certa sua função decorativa,
eventualmente ornamento de um carro alegórico ou de um arco
do triunfo efêmero.

Luiz Marques
12/12/2011

Bibliografia:
1995 – L. Rocco, “”Cena de sacrifício””. In, L. Fornari
Schianchi, N. Spinosa, I Farnese. Arte e Collezionismo,
Catálogo da exposição, Parma, Nápoles,  Munique. Milão:
Electa, pp. 192-193.”

Artista

PONTORMO (Jacopo Carucci, chamado Il)

Data

1545c.

Local

Nápoles, Museo e Gallerie Nazionali di Capodimonte

Medidas

85 x 148 cm

Técnica

Têmpera sobre tela

Suporte

Pintura

Tema

Mitologia, História e Topografia Antigas

Período

36 - SÉCULO XVI

Index Iconografico

124 - Sacrifícios, Iniciações, Ritos, Oferentes, Sacerdotes;
460Sol - Sol invictus; 514.38 - Sacrifício de Noé; 700C1 -
Cristo como Sol; 1153 - A Alquimia e o Alquimista

Autor

Luiz Marques

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *