Adultera

“O tema de “”Cristo e a mulher adúltera””, bastante constante na história da arte, é inspirado na passagem da vida de Jesus narrada no texto bíblico em João VIII, 1-11 e está presente em diversas formas de expressão artística, entre pintura, escultura e gravura.

Neste relevo Tito Sarrocchi recria a passagem bíblica em uma cena com a figura da adúltera curvada frente a Jesus, que é representado dialogando com os demais participantes da cena (os escribas e os fariseus), que dão a impressão de refletir sobre aquilo que está sendo dito.

Este relevo foi o primeiro realizado de forma autônoma pelo artista. Foi apresentado em concurso de 1846 na Accademia di Firenze e julgado de forma negativa por “”seu estilo severo e composição simples””.

Foi criticado também pelo pouco volume dado aos corpos, cujas pregas do panejamento marcavam linhas um pouco monótonas e não davam idéia de um grande estudo de modelo vivo por parte do artista. Apenas Giovanni Duprè, mestre florentino de Sarrocchi, manifestou um juízo favorável sobre o trabalho, ligado aos “”preceitos puristas de filiação nazarena que pregavam essencialidade, severidade e pureza da linha””.

Maria do Carmo Couto da Silva
21/07/2010

Bibliografia:
1988 – R. Marcucci, Tito Sarrocchi. In, Siena tra purismo e Liberty. Ed. Bernardina Sani. Siena, Università degli Studi di Siena; Soprintendenza per i Beni Artistici e Storici per le Province di Siena e Grosseto. Milão: Mondadori, p. 124.

Artista

SARROCCHI, Tito

Data

1846

Local

Siena, Istituto Sarrocchi

Medidas

não fornecidas

Técnica

Mármore

Suporte

Escultura

Tema

Bíblia e Cristianismo

Período

50 - SÉCULO XIX

Index Iconografico

606B42 - Jesus e a Adúltera

Autor

Maria do Carmo Couto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *