Crucificação, com os Apóstolos, SS. Lourenço, Demétrio e Eustátios

Localização inventarial: Gift of J. Pierpont Morgan, 1917 (17.190.715a,b)

Esta Crucificação orna a tampa de um staurotheke, isto é, um relicário, executado em Constantinopla, para conservar uma relíquia da “Vera Cruz”, descoberta, segundo a lenda, em inícios do século IV, por Santa Helena, mãe do imperador Constantino. Lascas da madeira da “verdadeira cruz”, encerradas em preciosíssimos relicários como este, eram ofertadas pelo Imperador de Constantinopla no âmbito de sua diplomacia internacional.

O Cristo aparece vivo, ladeado pelos usuais signos cósmicos do Sol e da Lua, e vestindo um colobium, uma longa túnica sem mangas, muito comum nas primeiras representações bizantinas, ou de área bizantina, da Crucificação, tal como na iluminura do assim chamado Evangelho de Rabbula* (586), conservado na Biblioteca Mediceo-Laurenziana de Florença.

Aos lados de Cristo, vêem-se a Virgem, com a inscrições Theotokos (mãe de Deus) e Ioanis. Em cada lado da cabeça do Cristo, as inscrições: “Eis o seu filho… Eis a sua mãe” (João 19:26-27).

Sobre as bordas da tampa, há 14 bustos, representando os 11 apóstolos e os Santos mártires, Demétrio, Eustátios e Lourenço. O destaque dado a esses três santos, cujas lendas possuem origens e cultos muito diversos, pode eventualmente se explicar por uma qualquer peculiaridade do desconhecido destinatário deste esplêndido relicário. Outros 13 bustos de santos são representados nas faces laterais do relicário.

No face interna da tampa do relicário, representam-se quatro cenas dos Evangelhos: a Anunciação, a Natividade, novamente a Crucificação (com o colobium) e a Anástasis, com a liberação de Adão e Eva do Inferno, iconografia que se desenvolve justamente por volta de 800 em Constantinopla.

Luiz Marques
08/05/2010

Bibliografia:
2001 – H. C. Evans (org.), The Arts of Byzantium. The Metropolitam Museum of Art Bulletin, Spring, vol. LVIII, p. 39
2011 – B. Drake Boehm, in M. Bagnoli, H.A. Klein, C. Griffith Mann, J. Robinson, Treasures of Heaven. Saints, relics and devotion in medieval Europe. Catálogo da exposição, Londres, British Museum, p. 81.

Artista

Anônimo

Data

800c.

Local

New York, The Metropolitan Museum of Art

Medidas

102 x 74 mm

Técnica

Esmalte cloisonné

Suporte

Pintura

Tema

Bíblia e Cristianismo

Período

BIZÂNCIO E CRISTANDADE ORIENTAL

Index Iconografico

610 - Crucificação e Imagens do Gólgota; 634 - Representações dos Apóstolos em geral; 716 - Os Quatro Evangelistas; 806 - Imagens de santos; 814 - Santa Helena e a Lenda da Vera Cruz

Autor

Luiz Marques

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *