Adão

Juntamente com uma Eva (desaparecida ou nunca executada), a obra destinava-se a ocupar os nichos laterais do registro inferior do monumento sepulcral de Andrea Vendramin* (1393-1478), um dos homens mais ricos e mais ilustres de Veneza e Doge de 1476 à data de sua morte. No monumento atual, na igreja de S. Giovanni e Paolo, em Veneza, os dois nichos laterais são ocupados por dois condottieri, com função de guardiães do túmulo.

Adão devia surgir neste monumento como uma figura isolada da narrativa do Gênese, sendo facilmente identificável pelo atributo da maçã que ele segura na mão esquerda, em referência à sua desobediência ao mandamento divino e, portanto, ao pecado original. No programa iconográfico do sepulcro, sua função, ao lado de Eva, era, assim, a de se contrapor à Anunciação do registro superior do monumento, como signo dos dois momentos de separação e de reconciliação de Deus com o Homem. Ladeando a escultura jacente de Andrea Vendramin, Adão e Eva aguardam, como guardiães escatológicos, o momento da parousia, isto é, do retorno de Cristo como juiz, no Juízo Final.

Pope-Hennessy nota que neste Adão do Metropolitan Museum de New York revela-se por excelência a ávida busca de Tullio Lombardo pela escultura antiga. Nele, Tullio “parece ter combinado uma figura sem cabeça do tipo do Apolo do Vaticano [isto é, do tipo do Apolo do Belvedere, descoberto em 1489], com uma cabeça baseada no Antinous do Museu Capitolino”.

Efetivamente, comparado às esculturas de Adão* e de Eva* de Antonio Rizzo, dos anos 1470, no Arco Foscari do Palácio Ducal, o Adão de Tullio Lombardo afigura-se como um salto de qualidade no conhecimento e na imitação da escultura monumental antiga, salto que se opera, também na Itália central, ao longo do pontificado de Sisto IV (1474-1481) e do governo de Lorenzo de` Medici, notadamente após a paz de Florença com Roma e Nápoles em 1481.

Luiz Marques
01/05/2010

Bibliografia

1958 – J. Pope-Hennessy, Italian Renaissance Sculpture, Londres, Phaidon, 1996, vol. II, p. 323
1971 – W.S. Sheard, The Tomb of Doge Andrea Vendramin in Venice by Tullio Lombardo, 2 vol. Tese de Doutorado (PhD), Yale University, New Haven
1995 – A. Luchs, Tullio Lombardo and Ideal Portrait Sculpture in Renaissance Venice, 1490-1530. Cambridge Un. Pr, pp. 41-45

Artista

Tullio Lombardo

Data

1489/ 1495c.

Local

New York, The Metropolitan Museum of Art

Medidas

193 cm

Técnica

Mármore

Suporte

Escultura

Tema

Bíblia e Cristianismo

Período

SÉCULO XV

Index Iconografico

514 - Gênese; 514.6 - Adão e Criação de Adão

Autor

Luiz Marques

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *