Cascatinha Taunay, Rio de Janeiro (RJ)

O fotógrafo registrou o aspecto sublime da paisagem, destacando a delicadeza da vegetação da Floresta da Tijuca, onde se situa a cachoeira. Como nota Pedro Vasquez, a queda d`água de mais de 30 m de altura, encantou os artistas que a contemplaram, a começar por aquele que lhe emprestou o nome: o pintor de história e paisagista Nicolas Antoine Taunay, que residiu em um sítio próximo a ela.

Nada se sabe sobre o fotógrafo alemão Fritz Busch, a não ser que atuou no Rio de Janeiro, Petrópolis e Nova Friburgo por volta de 1875, demonstrando grande interesse pela flora local. Segundo o pesquisador Juan Gómez, ele viveu na Argentina onde, em 1889, participou da fundação da Sociedad Fotografica Argentina de Aficionados, ativa até 1926.

Maria Antonia Couto da Silva
07/08/2010

Bibliografia

GÓMEZ, Juan. La Fotografia en la Argentina. Su historia y evolución em el siglo XIX: 1840-1899. Buenos Aires, Pellegrini, 1986.

VASQUEZ, Pedro. Mestres da fotografia no Brasil: coleção Gilberto Ferrez. Rio de Janeiro, CCBB,1995, p. 84.

VASQUEZ, Pedro Karp. Fotógrafos Alemães no Brasil do Século XIX. São Paulo : Metalivros, 2000.

Artista

BUSCH, Fritz

Data

1890c.

Local

Rio de Janeiro, Instituto Moreira Salles

Medidas

. 21,7 x 15,7 cm

Técnica

Fotografia

Suporte

Pintura

Tema

Natureza Paisagem e Arcádia

Período

O SÉCULO XIX NA AMÉRICA HISPÂNICA E NO BRASIL (A PARTIR DE 1822)

Index Iconografico

1600 - Paisagem

Autor

Maria Antonia Couto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *