Retrato de negro

Em 1886 o escultor Rodolfo Bernardelli realizou o retrato do músico afro-cubano José Silvestre White Laffite (1836-1918). White, depois de viver um período na França, foi convidado a dirigir o Conservatório Imperial de Rio de Janeiro (Brasil), cargo em que permanece até 1889, quando com a Proclamação da República retorna a Paris. Ele foi também professor dos filhos de D. Pedro II.
O seu busto, mais conhecido como “Retrato de Negro” (1886), é uma das poucas obras em que se apresentam retratos de pessoas negras no Brasil oitocentista. A nosso ver, o violinista era uma pessoa do círculo de amizades do escultor, que era também músico, e o busto foi elaborado com grande liberdade de execução. Seu retrato revela expressividade e simpatia, aliadas a certa informalidade na maneira com que foi representado pelo artista.

Maria do Carmo Couto da Silva
11/07/2010

Bibliografia:

Artista

BERNARDELLI, Rodolfo

Data

1886

Local

Rio de Janeiro, Museu Nacional de Belas Artes

Medidas

41 x 48 x 26 cm

Técnica

Bronze

Suporte

Escultura

Tema

A Figura Humana Retratos e Caricaturas

Período

50 - SÉCULO XIX

Index Iconografico

IX - Retratos e caricaturas (1700); 882 - Brasil Império;1700B1 - Retratos escultóricos contemporâneos

Autor

Maria do Carmo Couto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *