Retrato de desconhecido

A obra foi atribuída outrora a diversos pintores de Ferrara e só a partir de 1946 (Suida) a Mantegna. Embora diversos estudiosos (Longhi, em 1962, Camesasca em 1964, Christiansen em 1992, etc.) reiterem a atribuição a Mantegna, esta não é unânime, sobretudo em decorrência do forte espírito analítico do retrato, que descreve em detalhe a pele rugosa e a barbicha hirsuta, a bolsa sob os olhos, as veias da têmpora, os sulcos profundos da boca e da face, etc. Pormenores pouco usuais ao desenho sintético e “petroso” de Mantegna a partir de 1453c., isto é, a partir do Retrato de Jacopo Marcello*.

De fato, embora em mau estado de conservação, este que é o primeiro retrato conhecido de Andrea Mantegna (1431c. – 1506) mostra-o, por volta de 1448-1450, ainda fascinado pelo naturalismo de ponta de pincel da retratística flamenga, que ele podia conhecer em Ferrara, onde havia retratos, por exemplo, de Rogier van der Weyden.

Já em 1447-1448, aos 16 ou 17 anos, Mantegna é objeto, em Veneza, de um primeiro elogio de parte do poeta Ulisse Aleotti, justamente por sua habilidade como retratista:

“Duno angelico volto soto un velo …. / La mano industriosa… scolpi in pictura propria viva e vera”

(De um angélico semblante sob um véu…. / A mão industriosa … esculpiu em pintura própria, viva e verdadeira)

Talvez este retrato tenha por modelo, como sugere Christiansen, o próprio Ulisse Aleotti, autor do poema Pro insigni certamine, sobre a disputa entre Pisanello e Jacopo Bellini, em torno do retrato de Lionello d´Este*.

Outra hipótese de identificação desse retrato foi apontada por Lightbown [1986:468]. Tratar-se-ia para o estudioso do retrato de um jurisconsulto, assinalado na coleção de Giovanni Pietro Curtoni de Verona, morto em 1656.

Luiz Marques
14/12/2009

1992 – K. Christiansen, in J. Martineau, Andrea Mantegna, Catálogo da exposição, Londres, Royal Academy of Arts, p. 328
2008 – A. Galli, in G. Agosti e D. Thiébaut, Mantegna, 1431-1506. Catálogo da exposição. Paris, Louvre, p. 74

Artista

MANTEGNA, Andrea

Data

1448-1450

Local

Milão, Museo Poldi Pezzoli

Medidas

32,3 x 28,8 cm

Técnica

Têmpera sobre madeira

Suporte

Pintura

Tema

A Figura Humana Retratos e Caricaturas

Período

SÉCULO XV

Index Iconografico

1700C1 - Retratos contemporâneos

Autor

Luiz Marques

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *