Suicídio de Catão de Útica

Diretor em Roma da Académie de France entre 1822 e 1828, Pierre-Narcisse Guérin (1774-1833) formou-se sob as disciplinas de Nicolas-Guy Brenet e de Jean-Baptiste Regnault Seu début no Salon de 1795 dá-se com duas obras inspiradas na história de Roma – Coriolano e o assassinato de Geta por ordem de Caracalla – ambos não-conservadas, mas que prenunciam seu interesse por temas de grande intensidade dramática e nos quais a ação é representada de modo incisivo.

Reinstituído após 4 anos de interrupção no Salon de 1797, o Prix de Rome teve neste ano como tema o Suicídio de Catão, que Guérin obteve, junto com Pierre Bouillon* (1776-1831) e Louis André Gabriel Bouchet* (1759-1842). Curiosamente, as três composições, tratadas rigorosamente como frisas e com muitas personagens, encarnando as diversas paixões, assemelham-se de modo notável.

Luiz Marques
13/02/2010

Bibliografia:
1909 – A. Soubies, Memoires de l´Académie des beaux-arts depuis la fondation de l´Institut. Paris, pp. 128-133.

Artista

GUÉRIN, Pierre-Narcisse

Data

1797

Local

Paris, École Nationale Supérieure des Beaux-Arts

Medidas

113 x 145 cm

Técnica

Óleo sobre tela

Suporte

Pintura

Tema

Mitologia, História e Topografia Antigas

Período

SÉCULO XVIII

Index Iconografico

354B - Suicídio de Catão de Útica

Autor

Luiz Marques

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *