Autorretrato (?)

Pai do grande pintor e escultor Alonso Berruguete (1488c. –
1561), Pedro Berruguete (1450c. – 1500c.), originário de
Paredes de Navas (Palencia), foi pintor dos Reis Católicos
Ferdinando II de Aragão e Isabel de Castela.

Um documento de 1477, citado por Luigi Pungileoni, hoje não
mais localizável, menciona certo “Pietro Spagnuolo pittore”
ativo na corte de Federigo da Montefeltre em Urbino. Tratar-
se-ia de nosso pintor, que, entre 1475 e 1478, teria
executado alguns dos retratos da série de “Homens ilustres”
do célebre studiolo do duque de Urbino.

A proposta de ver nesta obra um autorretrato de Pedro
Berruguete permanece apenas conjectural. Pintado
presumivelmente após o retorno de Pedro Berruguete da
Itália, ela mostra certo conhecimento da retratística
floretina (Lippi, Botticelli), mas sobretudo do retrato
flamengo, em especial de Hans Memling, cujo “Retrato de
homem” no Palazzo Vecchio de Florença, dos anos 1470, mostra
com ele notáveis similaridades.

Luiz Marques
08/07/2010

Bibliografia
1987 – Lafuente Ferrari, Breve historia de la pintura
española, Madri, Akal, 2 volumes, vol. I, p. 148
1996 – I. Mateo Gomez, Dictionary of Art. Londres, Grove,
vol. 3, ad vocem

Artista

BERRUGUETE, Pedro

Data

1480c.

Local

Madri, Museo Lázaro Galdiano

Medidas

desconhecidas

Técnica

Óleo sobre madeira

Suporte

Pintura

Tema

A Figura Humana Retratos e Caricaturas

Período

SÉCULO XV

Index Iconografico

35C3 - Artistas e Autorretratos Pintura

Autor

Luiz Marques

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *