Ânfora do Pintor de Nessos

Registro inventarial: inv. n. 1002

Obra-prima do Pintor de Nessos, o primeiro artista ático de
figuras negras a deixar um número suficiente de vasos – por
volta de 30, a maioria de caráter funerário, designados pelo
termo protoático – permitindo reconstituir sua cronologia e
seu desenvolvimento estilístico.

No colo da ânfora, o Pintor de Nessos representa a lenda de
Hércules que mata o centauro Nessos às margens do rio
Euenos, na Etólia, em represália pela tentativa deste de
raptar sua esposa, Djanira. As duas figuras são acompanhadas
por inscrições com seus nomes: Hérakles e Netos. Baseando-se
na inscrição “Netos”, ao invés de Nessos, Alan L. Boegehold
cogita uma origem não-ática do Pintor de Nessos

Sobre a pansa, duas Górgonas correndo para a direita. Atrás
delas, a Medusa decapitada por Perseu. Abaixo das Górgonas,
vêem-se ainda golfinhos nadando. Nas alças, há corujas e
cisnes. Na boca da ânfora, uma delicada frisa de gansos.

Luiz Marques
11/10/2001

Bibliografia:
1944 – J.D. Beazley, Groups of Early Attic Black-Figure.
Hesperia, 13, 1, pp. 38-57
1966 – A. L. Boegehold, The Nessos Amphora-A Note on the
Inscription. American Journal of Archaeology, 62, 4, pp.
404-405.
1987 – S. Karouzou, Musée National. Guide illustré du Musée.
Atenas: Ekdotike Athenon, p. 130

Artista

Pintor de Nessos

Data

-620circa a.C.

Local

Atenas, Museu Arqueológico Nacional

Medidas

desconhecidas

Técnica

Cerâmica

Suporte

Pintura

Tema

Mitologia, História e Topografia Antigas

Período

ARTE GRECO-ROMANA

Index Iconografico

11Górg - Górgonas: Esteno, Euríale e Medusa; 12JupxDân3 -
Perseu e Medusa; 70E - Hércules, Djanira e o Centauro de
Nessos e outras representações de Hércules matando um
centauro

Autor

Luiz Marques

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *