O Grupo do Leão

O quadro a óleo do pintor português Columbano Bordalo Pinheiro (1858-1929) foi realizado para ser colocado na Cervejaria Leão d´Ouro, na Rua Primeiro de Dezembro, em Lisboa. O local era o ponto de encontro dos artistas que formaram o conhecido Grupo do Leão.

Na obra estão representados da esquerda para direita e em pé, Ribeiro Cristino; Alberto de Oliveira, patrocinador das exposições do grupo; o criado Manuel Fidalgo; Columbano Bordalo Pinheiro, o dono da cervejaria e Cipriano Martins. Sentados atrás da mesa encontramos: João Vaz, Silva Porto, Antonio Ramalho e Rafael Bordalo Pinheiro e nas cabeceiras da mesa: à esquerda, Henrique Pinto, e na outra, Rodrigues Vieira. A frente do grupo estão José Malhoa e Moura Girão.

Para Lucília Verdelho da Costa “trata-se de um quadro manifesto das esperanças de uma geração, apostada em renovar a pintura que ainda se praticava na Escola de Belas Artes”. Para a autora, a figura central do grupo era Silva Porto, que teria grande influência no meio em artístico em Lisboa, principalmente no campo da pintura ao ar livre.

Maria do Carmo Couto da Silva
12/02/2011

Bibliografia:
1996 – O Grupo do Leão e o naturalismo português / curadoria Raquel Henriques da Silva, Zuzana Paternostro; ensaios Raquel Henriques da Silva [et al.]. São Paulo: Pinacoteca do Estado, p.43.
2003 – L. Verdelho da Costa. Catálogo. In: J. Malhoa. Amar o outro mar. Lisboa: Ministério da Cultura. Gabinete das Relações Culturais Internacionais, p.36.

Artista

Columbano Bordalo Pinheiro

Data

1885

Local

Lisboa, Museu do Chiado

Medidas

200 x 380 cm

Técnica

Óleo sobre tela

Suporte

Pintura

Tema

A Figura Humana Retratos e Caricaturas

Período

50 - SÉCULO XIX

Index Iconografico

Retratos de artistas e autoretratos; 1700C3 - Artistas e Autoretratos

Autor

Maria do Carmo Couto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *