Jovem entre o Vício e a Virtude (detalhe)

(continuação do texto que acompanha a imagem principal)

O personagem assumiu uma surpreendente multiplicidade de papéis no campo filosófico, em textos ligados aos pitagóricos, estóicos e sofistas, sendo sua trajetória utilizada como uma metáfora da condição humana.

Para Panofsky, a representação do quadro de Veronese pertencente à Frick Collection, do qual a obra do Museu do Prado seria derivada, teria como base uma versão do mito relatada na “Vida de Apolônio de Tiana”, escrita por Filóstrato. O texto teve a primeira tradução latina impressa em 1501 e tornou-se muito conhecido no início do século XVI. Filóstrato opõe a Volúpia, ornada com colares de ouro, cabelos cuidadosamente trançados e calçando sandálias de ouro, à Virtude, que tem os pés descalços e um aspecto negligente.

Como nota ainda Panofsky, entre os textos antigos, Filóstrato é a única fonte em que encontramos o motivo das duas mulheres que tentam puxar Hércules, efetivamente, cada uma para seu lado, procurando convencê-lo não só pelas palavras e pelo olhar, como aparece na descrição de Xenofonte, mas também por meio de gestos e até da força.

Em seu ensaio, Panofsky demonstrou que o tema “Hércules entre o Vício e a Virtude” foi representado com muita liberdade em relação à iconografia utilizada pelos artistas anteriores a Veronese, como ocorreu tanto neste quadro quanto naquele da Frick Collection.

27/06/2011
Maria Antonia Couto

Bibliografia:
1984 – R. Pallucchini. Veronese. Milano, Arnoldo Mondadori.
1989 – P. Watson. Wisdom and Strength. New York, Doubleday.
1998 – L. Marques (coord.) Catálogo do Museu de Arte de São Paulo Assis Chateaubriand. São Paulo, Prêmio Editorial.
1999 – E. Panofsky. Hércules entre o Vício e a Virtude. Paris, Flammarion.
2003 – Couto da Silva, M. A. “As cópias de Veronese por François Boucher, do acervo do Museu de Arte de São Paulo”. (Dissertação de mestrado), IFCH, UNICAMP, (Prof. Dr. Luiz Marques), Campinas.

Artista

VERONESE, Paolo Caliari, chamado

Data

1581c.

Local

Madri, Museu do Prado

Medidas

102 cm x 153 cm

Técnica

Óleo sobre tela

Suporte

Pintura

Tema

Alegorias e Temas Artísticos Morais e Psicológicos

Período

36 - SÉCULO XVI

Index Iconografico

70 - HÉRACLES/HÉRCULES e seu ciclo; 70G - Hércules na Encruzilhada e símbolo do triunfo da virtude sobre a força e os poderes mundanos

Autor

Maria Antonia Couto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *