O Arcanjo Rafael entre S. Leonardo, o jovem Tobias e o doador

O retábulo não propõe uma cena do livro de Tobias, conhecido apenas em grego e expurgado das versões protestantes do Antigo Testamento por seu culto aos anjos, considerado supersticioso. Tobit e Tobias, pai e filho, são personagens que vivem no período do exílio (século VIII a.C.) em Nínive. Tobias é enviado por seu pai, homem justo, a recobrar dez talentos de prata, deixados havia vinte anos “em depósito com Gabael, filho de Gabri, em Rages, na Média”.

Para a viagem, Tobias é acompanhado pelo Arcanjo Rafael, travestido em ser humano, e por seu cão. Ao final, vencidas as peripécias, que têm sabor de uma narrativa das Mil e Uma Noites, incluindo a captura de um peixe – cujo coração, o fígado e o fel possuem poderes taumatúrgicos – e a prenda dos amores de Sara após a expulsão de um demônio ciumento que matara seus 7 pretendentes, Tobias volta para a casa, onde o peixe curará ainda a cegueira de seu pai, enquanto Rafael revela sua natureza angélica e retorna ao céu.

O relato, como assinala Réau tem origens persas e foi considerado por Agostinho, por exemplo, uma prefiguração do Cristo (peixe) que devolve a vista a seu povo.

Segundo Vasari, o retábulo foi pintado para a igreja de Santa Lucia a Settimello, fora de Florença, para o altar da família Morelli. O doador aqui representado é Leonardo di Lorenzo Morelli (Florença, 1475-1539), pertencente à mesma família para a qual Andrea del Sarto (1486-1531) pintara o Noli me tangere* conservado no Museo del Cenacolo di San Salvi em Florença. A presença de S. Leonardo é uma alusão a seu nome.

O retábulo foi pintado entre março e outubro de 1512 e mostra, em sua nova monumentalidade, ecos da viagem de 1511 a Roma, ainda que de modo não tão evidente quanto a Anunciação* da Galleria Palatina do Palazzo Pitti, de 1512-1513.

Luiz Marques
08/02/2010

Bibliografia:
1957 – L. Réau, Iconographie de l´art chrétien, trad. esp, 1995, vol. I,1, p. 368.
1992 – A. Natali, A. Cecchi, Andrea del Sarto, Paris, p. 44

Artista

ANDREA DEL SARTO (Andrea d´Agnolo)

Data

1512

Local

Viena, Kunsthistorisches Museum

Medidas

178 x 153 cm

Técnica

Óleo sobre madeira

Suporte

Pintura

Tema

Bíblia e Cristianismo

Período

36 - SÉCULO XVI

Index Iconografico

570 - Tobias; 724A2 - O Arcanjo Rafael

Autor

Luiz Marques

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *