Paisagem com ramo de abeto

Em sua curta carreira artística, desenvolvida entre Amsterdam, Utercht e Haia, Hércules Seghers (1590c. – 1638) produziu em torno de 60 águas-fortes com cenas de paisagens, não-raro impressas como esta sobre papel colorido e retocadas a aquarela.

Ao lado de paisagens relativamente convencionais, vistas de cidades com horizontes baixos, Seghers produziu paisagens fantásticas, tal como esta, tomada de um ponto muito alto e se estendendo sobre uma planície vasta, desolada, imersa em vapores de luz, da qual a microscópica figura humana com uma espingarda, sobre a plataforma do primeiro plano, é um inquietante testemunho.

Pouco entendido por seus contemporâneos, Seghers o foi, entretanto, por Rembrandt, que amava e possuía diversas de suas águas-fortes e pinturas.

Luiz Marques
25/05/2010

Artista

SEGHERS, Hércules

Data

1620c. / 1638

Local

Paris, Bibliothèque Nationale

Medidas

desconhecidas

Técnica

Água-forte

Suporte

Pintura

Tema

Natureza Paisagem e Arcádia

Período

SÉCULO XVII

Index Iconografico

1600 - Paisagem

Autor

Luiz Marques

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *