Léon Bonnat em seu ateliê

Léon Bonnat (1833-1922) é fotografado por Paul Nadar em vias de completar um retrato, gênero no qual ele se consagra nos anos 1880 mestre disputadíssimo, a ponto de dever agendar três a quatro poses por dia. Aparentemente, o modelo em que Bonnat se baseia para executar seu retrato é uma fotografia, colocada na extrema direita da composição.

Entre as pinturas do ateliê, observa-se uma cópia fragmentária do afresco da Criação de Eva de Michelangelo na abóbada da Capela Sistina, cópia que o pintor deve ter executado em sua estada italiana de 1858-1860.

Luiz Marques
09/10/2010

Artista

NADAR, Paul

Data

1885/ 1887

Local

desconhecido

Medidas

desconhecidas

Técnica

Fotografia

Suporte

Pintura

Tema

Vida Social e Gênero

Período

50 - SÉCULO XIX

Index Iconografico

1111 - O Mundo e o Mito do Artista; 1111L - O ateliê do artista; 1700C3 - Artistas e Autoretratos

Autor

Luiz Marques

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *