Crucificação

A Crucificação mostra o Cristo vivo, porém em sua última agonia, no momento em que o soldado da direita embebe-lhe os lábios com vinagre e Longinus transpassa-lhe o peito com a lança. Assim, o Cristo é mostrado vivo, mas com a cabeça pendente, motivo já característico do sucessivo tipo bizantino do Christus patiens, que mostra o Cristo morto na cruz.

Sua simbólica tem ressonâncias cósmicas, pois a cruz pousa, singularmente, sobre uma figura alegórica da Terra (e não sobre o crânio de Adão) e, por outro lado, culmina nos signos do Sol e da Lua, alusivos à transformação por três horas da luz em trevas, durante a crucificação. Estes signos tomam aqui a forma de pleurants, isto é, de figuras de lamentação típicas da iconografia funerária, função mais tarde assumida por anjos, em especial na escultura funerária da Borgonha.

Esta Crucificação orna a capa do Evangeliário da abadia beneditina de Echternach (Principado de Luxemburgo), o Codex aureus von Echternach, assim chamado por ser escrito com tinta dourada (Codex aureus Epternacensis Hs. folio 156142).

Não se conhece o comitente deste que é um dos mais ricos exemplares do Corpus da iluminura otoniana, pertencente apenas desde 1955 ao acervo do Germanisches National Museum de Nuremberg.

Embora o manuscrito date de 1045c., momento importante da história da abadia, graças à gestão do abade Humbert, a capa, feita de ouro, marfim, esmalte, pedras preciosas e pérolas, é anterior, pois obra proveniente de um ateliê de ourivesaria de Treves, datável, segundo o Museu, entre 985 e 990. Trata-se, provavelmente, de uma doação ao monastério da Imperatriz Theophanu e de seu filho Oto III.

Luiz Marques
08/05/2010

Artista

Anônimo

Data

985/ 990

Local

Nuremberg, Germanisches Nationales Museum

Medidas

desconhecidas

Técnica

marfim

Suporte

Escultura

Tema

Bíblia e Cristianismo

Período

OCIDENTE MEDIEVAL

Index Iconografico

610 - Crucificação e Imagens do Gólgota

Autor

Luiz Marques

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *