Túmulo de Manuel Ferraz de Campos Salles (Imagem 6)

(continuação do texto que acompanha a imagem 5)

A figura das Finanças feita Rodolfo Bernardelli para o
túmulo de Campos Salles veste uma túnica e porta um longo
véu sobre a cabeça.

Ela segura com a mão direita alguns livros e na esquerda uma
espécie de cornucópia, símbolo da fartura, fertilidade,
riqueza e abundância, repleta de moedas.

A nosso ver, a alegoria simboliza o conhecimento ou saber
que, agregado à prosperidade econômica, marcaram a
presidência de Campos Salles.

Maria do Carmo Couto da Silva
10/09/2011

Bibliografia
2011 – M. C. Couto da Silva. Rodolfo Bernardelli, escultor
moderno: análise da produção artística e de sua atuação
entre a Monarquia e a República. Campinas,SP: [s. n.]. Tese
de Doutorado em História da Arte, Instituto de Filosofia e
Ciências Humanas/UNICAMP, p.134-135.

Artista

BERNARDELLI, Rodolfo

Data

1916

Local

São Paulo, Cemitério da Consolação

Medidas

não disponíveis

Técnica

Bronze

Suporte

Escultura

Tema

Alegorias e Temas Artísticos Morais e Psicológicos

Período

O SÉCULO XIX NA AMÉRICA HISPÂNICA E NO BRASIL (A PARTIR DE 1822)

Index Iconografico

508 - Mausoléus, tumbas, sepulcros, lápides
508A - Monumentos cívicos à glória de uma personagem
508B - Monumentos funerários
1100Abu - Abundância e Fertilidade

Autor

Maria do Carmo Couto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *