Le Vittime del Lavoro [As vítimas do trabalho]

“As Vítimas do Trabalho” é um alto-relevo realizado por Vincenzo Vela (1820-1891) em 1882, ao término dos trabalhos de construção do Túnel Ferroviário de São Gotardo, na Suíça.

Na composição está representado um grupo de operários que, segurando uma maca, transporta o corpo de um operário morto no trabalho para fora da galeria onde eles estavam escavando.

Para Mario di Micheli, há no ritmo das figuras que avançam no escuro, iluminado apenas pela lanterna portada pelo operário ao centro, a sugestão de uma marcha fúnebre e solene.

Segundo Giorgio Zanchetti, Vela pretendia demonstrar por meio desta obra sua admiração pelos operários, que ele considerava uma “classe oprimida”, motivado por princípios democráticos e liberais. Dessa forma resolveu dedicar-lhes uma celebração monumental, executada por sua própria iniciativa.

A peça foi passada para o bronze pela Fonderia Bastianelli de Roma, em 1895, quatro anos após o falecimento do artista, por encomenda do Ministério da Instrução Pública italiano, que a enviará para a Galleria Nazionale di Arte Moderna de Roma. Em 2008 foi colocada uma cópia do relevo no ingresso do Istituto Nazionale per ´Assicurazione contro gli Infortuni sul Lavoro, em Roma.

Maria do Carmo Couto da Silva
04/03/2011

Bibliografia:
1992 – M. de Micheli. La scultura dell´ Ottocento. Torino, UTET. (Storia dell´arte in Italia), p.293.
2006 – ZANCHETTI, Giorgio. Vincenzo Vela. Le Vittime del Lavoro. In: MINISTERO PER I BENI E LE ATIVITÀ CULTURALI. Galleria Nazionale d´Arte Moderna: le collezione. Il XIX secolo. Milano: Electa,p.73.

Artista

VELA, Vincenzo

Data

1882

Local

Roma, Galleria Nazionale d´Arte Moderna

Medidas

239 X 323 x 40 cm

Técnica

Bronze

Suporte

Escultura

Tema

Vida Social e Gênero

Período

50 - SÉCULO XIX

Index Iconografico

1492 - Lutas Sociais, Revoluções, Insurreições

Autor

Maria do Carmo Couto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *