Cupido com ciúmes de Fidelidade

O título desta alegoria remonta ao marquês de Lacaze e traz, por vezes, o subtítulo: Vênus acariciando o cão de Adonis, preso por Cupido. Como é usual na pintura do Setencentos, seu caráter moral é apenas pretexto para o mais desabrido erotismo.

Pintor de cultura vêneta, Antonio Bellucci (1654-1726) insere-se em um momento marcado por forte exportação de artistas venezianos para a Europa central e setentrional, fenômeno decisivo para a pintura do Setecentos, sobretudo na França, na Inlgaterra e na área habsbúrgica.

Bellucci está em Viena em 1709 como Primeiro Pintor da corte dos imperadores José I e Carlos VI. Trabalha depois (até 1716) para o Eleitor Palatino de Düsseldorf, rumando enfim para a corte inglesa de Buckingham e Windsor e retorna a Veneza apenas em 1722.

Luiz Marques
08/02/2011

Artista

BELLUCCI, Antonio

Data

1700/ 1726c.

Local

Bordeaux, Musée des Beaux-Arts

Medidas

114 x 161 cm

Técnica

Óleo sobre tela

Suporte

Pintura

Tema

Alegorias e Temas Artísticos Morais e Psicológicos

Período

SÉCULO XVIII

Index Iconografico

12Cupi - Cupido Eros; 1100 - Alegorias Intelectuais e Morais; 1100Fid - Fidelidade; 1102 - O Amor e as paixões amorosas; 1102Cium - O Ciúmes

Autor

Luiz Marques

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *