Cócegas, Parte 1

O quadro “Cócegas” do pintor português José Malhoa (1855-1933) apresenta uma brincadeira entre dois jovens, deitados em um monte de palha. O artista criou uma planície ensolarada, composta por variadas nuances de amarelo e tons dourados, na qual uma parte da palha já foi cortada e está concentrada em pequenos monte amarelos escuros.

O casal encontra-se em um momento de descanso, e procuram um refúgio do calor em um lugar à sombra. A cena revela a intimidade entre os personagens:

“Codificados nos olhares e reciprocidade de gestos, é observada pelo artista ao mesmo nível dos protagonistas, colocando-os num plano estranho ao espectador, que amplia o espaço de recolhimento e envolvimento amoroso”.

Uma primeira versão do quadro foi apresentada no Salão do Grêmio Artístico de 1894. Um crítico do jornal “O Antonio Maria” exaltou as qualidades do trabalho pela sensualidade implícita no gesto da moça que provoca, com uma espiga, o rapaz estendido sobre o feno. O articulista do jornal destacou o intenso cromatismo, que sugere o calor característico do verão e afirma que:

“… o tratamento nervoso, largo, do chapéu, dos panejamentos da saia, vermelha, e dos caules de trigo, a atmosfera abrasadora são elementos que fazem d´As cócegas uma obra de respiro largo e um dos melhores quadros da pintura portuguesa deste período.”

A tela foi exposta no Salão de Paris, em 1905, com o título de “Chatouillant”. No ano seguinte, foi apresentada em mostra individual do artista no Rio de Janeiro, quando foi adquirida para a Galeria da Escola Nacional de Belas Artes do Rio de Janeiro, compondo atualmente o acervo do Museu Nacional de Belas Artes.

(continua no texto que acompanha a imagem 2)

Artista

MALHOA, José

Data

1904

Local

Rio de Janeiro, Museu Nacional de Belas Artes

Medidas

128,5 x 285 cm

Técnica

Óleo sobre tela

Suporte

Pintura

Tema

Vida Social e Gênero

Período

SÉCULO XX

Index Iconografico

O Repouso e os Divertimentos do Camponês; A Sedução

Autor

Maria do Carmo Couto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *