Virgem com o Menino, quatro nus masculinos, S. João Batista e dois Profetas

Registro inventarial: inv. 1890, n. 502

A obra é também conhecida como a Virgem Medici, pois na Vida de Luca Signorelli (1445-1523), Giorgio Vasari afirma ter sido encomendada por Lorenzo de´ Medici, juntamente com o Pan, outrora em Berlim e considerado destruído durante a Segunda Grande Guerra:

Da Siena venuto a Firenze così per vedere l´opere di quei maestri che allora vivevano come quelle di molti passati, dipinse a Lorenzo de´ Medici in una tela alcuni Dei ignudi, che gli furono molto comendati, et un quadro di Nostra Donna con due Profeti piccoli di terretta, il quale è oggi a Castello, villa del duca Cosimo; e l´una e l´altra opera donò al detto Lorenzo, il quale non volle mai da niuno esser vinto in esser liberale e magnifico.

“Vindo a Florença, de Siena, para ver as obras dos mestres coevos e passados, pintou para Lorenzo de´ Medici sobre tela alguns do Deuses nus, muito elogiados, e um quadro de Nossa Senhora com dois Profetas pequenos monocrômicos, hoje em Castello, villa do duque Cosimo. E deu ambas as obras a Lorenzo, que jamais permitiu ser vencido em ser liberal e magnífico”.

A obra é mencionada no inventário dos bens de Lorenzo de´ Medici em 1492. Shearman [1975:18] propõe, contudo, identificá-la com um item do inventário de Lorenzo di Pierfrancesco de´ Medici.

Este tondo parece inaugurar a oposição entre três registros espaciais estanques e em confronto:

(a) ao fundo os nus em uma paisagem arcádica, similar ao Pan, que poderia mesmo ser um pendant deste tondo;

(b) os profetas e S. João Batista, que simbolizariam o mundo do Antigo Testamento;

(c) o grupo da Virgem sentada sobre a relva com o Menino que ensaia um passo.

Como foi frequentemente suposto, estes três registros significariam, respectivamente, o mundo ante legem, o mundo sub lege e o mundo sub gratia.

Tanto em termos formais como iconográficos, esta obra é certamente o mais direto precedente do Tondo Doni de Michelangelo. Na realidade, o Tondo Doni aparece como uma síntese dos tondos de Signorelli em Florença e em Munique, pois, como certifica Vasari, na Vida de Signorelli, Michelangelo nutria por ele uma particular admiração

Luiz Marques
26/01/2011

Bibliografia
1975 – J. Shearman, “The Collections of the Younger Branch of the Medici”, The Burlington Magazine CXVII, pp. 12-18
2001 – T. Henry, L.B. Kanter, Luca Signorelli. Paris, Hazan, p. 112

Artista

SIGNORELLI, Luca

Data

1489/ 1490c.

Local

Florença, Galleria degli Uffizi

Medidas

170 x 117,5 cm

Técnica

Óleo sobre madeira

Suporte

Pintura

Tema

Bíblia e Cristianismo

Período

SÉCULO XV

Index Iconografico

711 - A Virgem com o Menino Jesus

Autor

Luiz Marques

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *