Apolo do Belvedere. Imagem 6 (Codex Escurialensis, fol. 53r.)

(continuação do texto da imagem 5)

Cópias e restaurações

Juntamente com o desenho do fol. 64r. deste mesmo Codex Escurialensis, esta é a primeira cópia conhecida do Apolo do Belvedere. Ela permite conhecer o estado da obra antes das restaurações de 1532 – 1533 empreendidas por Montorsoli.

A já citada inscrição (ver imagem 4): nelorto disapiero inuinhola, isto é, no jardim de S. Pietro in Vincoli, igreja de que era titular o cardeal Giuliano della Rovere, proprietário da escultura, atesta que o desenho data de antes de 1503, data provável em que o Apolo, com a eleição de Giuliano ao papado, é transferido para o Vaticano.

Artista

Mestre do Codex Escurialensis

Data

1497/ 1503 c.

Local

Escorial, Real Biblioteca de San Lorenzo

Medidas

desconhecidas

Técnica

Desenho

Suporte

Pintura

Tema

Mitologia, História e Topografia Antigas

Período

SÉCULO XV

Index Iconografico

12Apo - APolom Febo, Hélio, Sol

Autor

Luiz Marques

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *