Retrato do Reverendo Robert Walker.

Este retrato foi datado por Duncan Thomson [1997:88] dos anos 1792/1794, momento relativamente avançado na carreira de Henry Raeburn (1756-1823). O retratado, Reverendo Robert Walker (1755-1808), teria aproximadamente 38 anos.

Ele estaria patinando sobre Duddington Loch, um curso d´água aos pés do maciço vulcânico de Arthur´s Seat (à leste de Edimburgo) que aparece com uma monumentalidade algo ameaçadora no lado esquerdo da composição.

Este excepcional retrato pode talvez ser reminiscente dos patinadores da pintura holandesa, um tema não raro nessa tradição desde o século XVI.

Trata-se contudo de algo diverso: um ensaio em tonalidades de cinza e negro que prenuncia Whistler e que lembra também, evidentemente, como estudo de um corpo em movimento instável, uma das modelagens em cera de Degas.

Ao contrário de Degas, porém, cujas ceras tinham por objetivo entender o movimento em sua tridimensionalidade de modo a conferir mais peso e densidade corpórea às figuras de suas pinturas, Raeburn parece objetivar a máxima desmaterialização da figura em perfil, que tende à pura silhueta. Tem-se aqui, em suma, um dos momentos mais altos da retratística britânica do século XVIII, mas também um ensaio que, em espírito, pertence já inteiramente ao século XIX.

Luiz Marques
04/01/2011

Bibliografia:
1997 – D. Thomson, Raeburn. The Art of Sir Henry Raeburn. 1756-1823. Catálogo da exposição. Edimburgh, Scottish National Portrait Gallery, p. 88.

Artista

RAEBURN, Henry

Data

1792/ 1794c.

Local

Edimburgo, National Gallery of Scotland

Medidas

76,2 x 63,5 cm

Técnica

Óleo sobre tela

Suporte

Pintura

Tema

A Figura Humana Retratos e Caricaturas

Período

SÉCULO XVIII

Index Iconografico

1700C - Retratos Pintura; 1700C1 - Retratos Contemporâneos

Autor

Luiz Marques

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *