Retrato de Pietro Aretino

Registro inventarial: inv. n. LK0627

A identificação deste excepcional retrato de Pietro Aretino (1492-1556)pode ser feita com segurança graças a uma água-forte de Wenzel Hollar de 1649, que viu a obra na coleção Van Veerle, em Antuérpia. Na gravura pode-se ler: “Vera effigie del poeta Pietro Aretino cavato da Tiziano suo amichissimo”.

O retrato pode ser datado do momento crucial em que o jovem Tiziano (1490c.-1577) firma sua singularidade poética, não obstante se entreverem ainda as reminiscências de seu sodalício com Giorgione.

A posição típica do melancólico, com a cabeça apoiada na mão e o olhar perdido, está decerto em relação com o tronco de árvore cortado (um loureiro?), do qual começa a renascer um pequeno ramo.

Isto posto, não há documentação atestando a presença em Veneza nos anos 1511-1512 (quando Aretino se encontrava em Perugia), nem de sua relação com Tiziano.

Em 1939, Suida publicou outro retrato juvenil de Aretino por Tiziano, conservado no Kunstmuseum de Basiléia, datado entretanto já dos anos sucessivos a 1524.

Luiz Marques
29/10/2010

Bibliografia
1939 – W. Suida, “Titian´s earliest portrait of Aretino”. The Burlington Magazine, p. 113
2006 – V. Sgarbi, F. Magalhães, Luce e ombra nella pittura italiana tra Rinascimento e Barocco da Tiziano a Bernini. São Paulo, catálog da exposição, p. 2

Artista

TIZIANO Vecellio

Data

1511/ 1512

Local

Milão, Coleção Particular

Medidas

65 x 53,5 cm

Técnica

Óleo sobre tela

Suporte

Pintura

Tema

A Figura Humana Retratos e Caricaturas

Período

36 - SÉCULO XVI

Index Iconografico

1700C - Retratos Pintura; 1700C1 - Retratos contemporâneos

Autor

Luiz Marques

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *