Projeto de 1513 para o Sepulcro de Júlio II

Trata-se de uma cópia, assinada por Jacopo Rocchetti, de um
desenho de Michelangelo, provavelmente autógrafo, mas em
péssimo estado de conservação, conservado em Berlim,
Staatliche Museem, Kupferstichkabinett, n. 123 (inv. 15305,
Corpus 55).

Para Hartt [1971:n.45], não se trataria de um desenho para o
contrato de 1513, mas de um desenho alternativo para o
projeto de 1505, reutilizado todavia em 1513, quando as
restrições do recém-eleito papa Leão X aos Della Rovere
dificultavam um sepulcro para Júlio II isolado da parede na
basílica de S. Pedro. Mas o autor baseia sua datação
anterior a 1510 apenas no fato, deveras não demonstrativo,
de que o papa é aí representado sem a barba que usou somente
durante o inverno de 1510-11. Cf. Hartt [1968:118] e Hirst
[1988:n.20].

Panofsky [1937:565] nota que o original e sua cópia figuram
no registro inferior o projeto de 1505 e no registro
superior, o de 1513 (“simply retained the lower story as
planned in 1505 and illustrated the transformation by
tentatively combining it with an upper structure as
envisaged in 1513″). Esta é também a opinião de Tolnay
[1954].

Um terceiro desenho deste projeto, representando com poucas
variantes o mesmo esquema da parte inferior dos desenhos de
Berlim, conserva-se nos Uffizi, 608E r.. Ele provém da
coleção de P.J. Mariette. Deve ser, portanto, considerado
como o do projeto de 1505. O desenho é atribuído por vezes a
Jacopo Rocchetti ou a Aristotile da Sangallo, cf. Tolnay
[1954], Russoli [1953:63], Argan-Contardi [1990:52]. Para
Hartt [1971:n.45A], trata-se de uma cópia de Rocchetti de
uma versão possivelmente ainda anterior, e não posterior
como se o crê desde Schmarsow [1884:67], em relação ao
original de Berlim. Joannides [1971:149] e Hirst [1976:380]
e [1988:52, n.20] revalorizam a abalizada opinião de
Mariette e confirmam a autografia do desenho.

Luiz Marques
09/07/2010

Bibliografia
1937 – E. Panofsky, “The First Two Projects of
Michelangelo´s Tomb of Julius II”. Art Bulletin, 19, 4, p.
561
1954 – C. de Tolnay, Michelangelo. The Tomb of Julius II vol
IV; 2ª ed. rev., Princeton Univ. Press, 1969
1971 – F. Hartt, Michelangelo Drawings. New York: Harry N.
Abrams, n. 45
1971 – P. Joannides, “A Note on the Julius Tomb 1513”.
Burlington Magazine, 816, CXIII, p. 149
1990 – G.C. Argan, B. Contardi, Michelangelo architetto.
Milão: Electa

Artista

ROCCHETTI, Jacopo (segundo Michelangelo)

Data

1513

Local

Berlim, Kupferstichkabinett

Medidas

desconhecidas

Técnica

Desenho

Suporte

Pintura

Tema

História Medieval Moderna e Contemporânea

Período

36 - SÉCULO XVI

Index Iconografico

430 - Iconografia funerária antiga; 508 - Mausoléus, tumbas,
sepulcros, lápides; 818 - Imagens de papas e de seus papados;
818julioII - Júlio II

Autor

Luiz Marques

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *