Cristo e a mulher adúltera

O grupo escultórico Cristo e a Mulher Adúltera é uma obra de juventude do escultor brasileiro Rodolfo Bernardelli (1852-1931), realizada em Roma entre 1881 e 1884, anos em que o artista era pensionista da Academia Imperial de Belas Artes no exterior.

O tema do trabalho foi retirado de uma passagem bíblica, narrada unicamente em João, VIII, 1-11. Bernardelli, em rascunho de um ofício dirigido à Congregação dos Professores, afirma ser um assunto de sua escolha, que lhe permitiria compor algo novo. A partir dessa obra a representação de Cristo tornou-se recorrente na produção do artista, presente em obras tumulares e estatuetas.

O momento escolhido por Bernardelli é “aquele em que o Salvador depois de levantar-se diz com sua autoridade divina aos Escribas e Fariseus que o tentaram: Aquele de vós outros [que] está sem pecado seja o primeiro que a apedreje.”

O tema convida à reflexão sobre os erros cometidos e aproxima-se do apresentado na escultura Santo Estevão*, do mesmo artista, em que o santo injustamente condenado perdoa seus acusadores. Ao defender a mulher adúltera, Jesus pede aos fariseus o reconhecimento dos seus pecados.

Este trabalho escultórico é considerado pelos críticos e estudiosos de arte como a obra-prima do escultor, por apresentar uma execução formal muito realista da figura de Cristo, que pode ser percebida pela preocupação em criar efeitos de textura no manto, e pela atitude da adúltera, cuja expressão e gesto transmitem a idéia de medo e culpa.

Uma referência importante para o artista pode ter sido o livro “A vida de Jesus” de Ernest Renan, livro polêmico que alcançou grande sucesso no final do século XIX por trazer um Cristo humanizado.

Maria do Carmo Couto da Silva
15/02/2010

Bibliografia:
1949 – C. Vaccani, Rodolpho Bernardelli. Rio de Janeiro: [s.n], 1949. p.83-85.
2000 – L. Migliaccio, O século XIX. In: BRASIL 500 Mostra do Redescobrimento: arte do século XIX. São Paulo: Fundação Bienal, p.183.
2005 – M.C. Couto Silva, A obra Cristo e a mulher adúltera e a formação italiana do escultor Rodolfo Bernardelli. Campinas, 271p. Dissertação (Mestrado em História) – Instituto de Filosofia e Ciências Humanas, Universidade Estadual de Campinas. pp. 86-88.

Artista

BERNARDELLI, Rodolfo

Data

1881/ 1884

Local

Rio de Janeiro, Museu Nacional de Belas Artes

Medidas

202 x 149 x 116 cm

Técnica

Mármore

Suporte

Escultura

Tema

Bíblia e Cristianismo

Período

O SÉCULO XIX NA AMÉRICA HISPÂNICA E NO BRASIL (A PARTIR DE 1822)

Index Iconografico

606B42 - Jesus e a Adúltera

Autor

Luiz Marques

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *